sábado , 23 de setembro de 2017
Home / Destaques / Notas da Redação

Notas da Redação

FLÁVIO

Flávio Rocha

Uma visita do governador Robinson Faria aos empresários Nevaldo e Flávio Rocha, na sede da indústria Guararapes foi o suficiente para se especular que o ex-deputado Flávio Rocha poderá ser o candidato situacionista ao governo, com o atual governador disputando uma cadeira ao Senado.

SENADO
A disputa por uma cadeira ao Senado está mais disputada que uma candidatura ao governo do estado. Até o momento, são comentados os nomes do ex-deputado Ney Lopes, prefeito Carlos Eduardo, deputada Zenaide Maia, desportista Magnólia Figueiredo, além, é claro dos atuais José Agripino e Garibaldi Alves.

BOLSONARO
O deputado federal Jair Bolsonaro ganhou espaço na edição de hoje na Folha de São Paulo, com registros sobre sua vinda à Natal no último dia 8. Em 2015, o Diário de Pernambuco havia publicado em manchete, “Bolsonaro é recepcionado no Recife como popstar”. É a sucessão presidencial sendo iniciada por representante da extrema direita.

MANDATO
A semana terminou com a ideia geral de que o presidente Michel Temer conseguirá chegar ao fim do seu mandato. A maneira mais rápida, denúncia que será encaminhada pelo procurador geral Rodrigo Janot ao Congresso, terá que ser aprovada por 2/3 dos parlamentares.

JANOT
O procurador-geral da República caminha para encerrar seu mandato vítima de gravações que o colocam em situação difícil. A revista IstoÉ obteve gravações em que ele aparece como perseguindo outros procuradores que não apoiam sua candidatura à reeleição ao cargo.

VOTOS
Como são 513 deputados, a oposição ao presidente Temer terá que reunir 342 votos na Câmara. A Constituição estabelece que denúncia contra presidente da República só pode ser transformada em processo no STF se houver aprovação com o voto desse número de deputados.

AGRESSÕES
Depois do episódio envolvendo a jornalista Miriam Leitão e militantes do Partido dos Trabalhadores, o episódio se repetiu com Alexandre Garcia, hostilizado por militante de esquerda quando embarcava em voo da Gol que ia de Brasília para Confins, Minas Gerais.

VEJA
Em matéria de capa a revista publica foto de Temer, Lula e Aécio e o título “Todos no mesmo barco” As denúncias de corrupção~´ao conseguiram o que parecia improvável: unir oposição e governo ao pôr Temer, Lula e Aécio numa mesma canoa furada contra a Lava-Jato”.

ÉPOCA
A revista abre espaço para entrevista exclusiva com Joesley Batista que declara “Temer é o chefe da quadrilha mais perigosa do Brasil”. O empresário inicia explicando como e quando os políticos começaram a agir como, segundo ele, “organizações criminosas”.

ISTOÉ
Pela primeira vez o procurador-geral da República, Rodrigo Janot foi vítima de um “grampo telefônico” é denunciado por outros procuradores. A chamada de capa é “As pressões indevidas de um procurador chamado Janot. A prática de Janot é apavorar quem estiver do lado de Raquel”.