sexta-feira , 6 de dezembro de 2019
Home / Destaques / Notas da Redação

Notas da Redação

ÁLVARO

Álvaro Dias1

Quem esteve na Assembleia Legislativa no início da semana foi o ex-deputado estadual e atual vice-prefeito de Natal, Álvaro Dias. Nas conversas deixou claro que, no caso do prefeito Carlos Eduardo não se afastar do cargo, voltará a concorrer a uma cadeira de deputado estadual.

EÓLICA
O Rio Grande do Norte é o maior produtor de energia eólica no Brasil e o que tem a maior capacidade instalada. O Sebrae está desenvolvendo projeto para beneficiar as comunidades instaladas no entorno dos parques, no valor de R$ 85 milhões, em ações de capacitação, acesso a mercado, assessoria técnica e empreendedorismo para pequenos produtores.

CULTURA
A Secretaria de Cultura voltou a existir na prefeitura de Mossoró, mas com os cargos comissionados definidos e limitados. Na gestão anterior, não havia limites para essas nomeações, chegando a ter mais de 60 cargos comissionados.

APAMIM
A prefeita Rosalba Ciarlini solicitou a relação de cargos comissionados atualmente existentes na APAMIM, mas a junta interventora encaminhou a relação sem a especificação dos salários. O documento foi devolvido para que as informações fossem mais detalhadas.

EMPREGOS
Na última campanha municipal a APAMIM funcionou como um cabide de empregos. O número de assistentes sociais pulou de três para dezoito, o mesmo acontecendo com outras funções. Nos corredores, o comentário que há muito tempo as obrigações sociais não estão sendo recolhidas.

NEGAÇÃO
Outra informação ainda necessitando de informação é que o Conselho Municipal de Saúde solicitou auditoria sobre o tempo em que a junta interventora administra a APAMIM, mas o pedido teria sido negado pela justiça federal. O sindicato não se pronunciou sobre o fato.

SUICÍDIOS
Na Itália, operação Mãos Limpas, muitos delatados foram inocentados muitos anos depois, mas trucidados por denúncias de delatores cometeram suicídio, pelo desespero de não poderem mais restaurar a dignidade perdida.

CALMON
Para a ex-ministra do STF, Eliana Calmon, a Lava Jato foi um divisor de águas par ao país, mas para que tudo seja passado a limpo de fato, precisa se estender para todos os poderes; “o judiciário ficou na sombra, é o único poder que se safou até agora”.

LOCALIZAÇÃO
Na relação dos dez maiores beneficiados com doações da Odebrecht, oito estão no eixo Rio-São Paulo, um em Minas Gerais e o décimo no Rio Grande do Sul. Quem recebeu mais foi o ex-governador do RJ, Sérgio Cabral, seguido por Gilberto Kassab, ministro da Ciência e Tecnologia.

MARINA
Alexandrino Alencar, ex-diretor da Odebrecht revelou que até Marina Silva recebeu apoio financeiro da empresa que dirigia, no valor de R$ 1,25 milhão como ajuda de campanha. A cifra foi oficial (declarada à justiça eleitoral) e não houve compromisso de contrapartida.

MÉDICOS
Cuba suspendeu o envio de profissionais treinados para trabalhar no Programa Mais Médicos. A decisão é por conta do descontentamento com a recusa de médicos em voltar ao País, após os três anos de contrato. 88 profissionais recorreram à Justiça para permanecerem no Brasil.

EMPRESAS
O empresário Marcelo Odebrecht deixou assustados os que exercem cargos eletivos. É que ainda não foram publicadas as delações premiadas de outras grandes empresas brasileiras que também participaram do financiamento de campanhas políticas.