quarta-feira , 19 de dezembro de 2018
Home / Destaques / Notas da Redação 16.11.18

Notas da Redação 16.11.18

PRAZO

Fátima.

A Comissão de Transição do governo Robinson Faria para a futura governadora Fátima Bezerra entregará o relatório com a sistematização das informações e os dados sobre a situação da administração pública do Estado no próximo dia 3 de dezembro.

DEVOLUÇÃO
A governadora eleita, Fátima Bezerra, confia que os Poderes Legislativo e Judiciário concordarão em devolver o dinheiro das sobras orçamentárias, como acontece em outros estados da federação. Prefere não demitir funcionários e será exigente na cobrança de dívidas ativas.

CUBANOS
O governo de Cuba, que Bolsonaro prefere chamar de “a ditadura de cubana”, deu o prazo de 45 dias para o retorno dos 8,5 mil profissionais médicos cubanos que se encontram no Brasil trabalhando8 no programa Mais Médicos retornem à ilha caribenha.

FALTA
No Rio Grande do Norte, 142 médicos cubanos prestam serviços no programa Mais Médicos. Eles estão distribuídos em 101 dos 167 municípios, principalmente nas cidades mais afastadas de capital, Natal. A população desses municípios sofrerá com a falta do atendimento médico.

CONCURSO
O governo Temer anunciou a publicação de edital para a convocação de médicos brasileiros para a substituição dos cubanos. Pela demora nos trâmites burocráticos, por vários meses mais de 29 milhões de brasileiros poderão ficar desassistidos da atenção básica de saúde.

SAÚDE
Novo problema para a administração estadual. Segundo informações do Conselho Estadual de Saúde, embora o estado seja obrigado a investir 12% da receita em ações e serviços da saúde, no 4° bimestre de 2018 o percentual de aplicação ficou em ínfimos 5,18%.

TEMER
O presidente Michel Temer fez, ontem (15), pronunciamento á Nação, por conta do 15 de novembro, data da proclamação da República. Aproveitou para dizer que a transição para o governo de Jair Bolsonaro está se caracterizando por ser uma “das mais civilizadas e cordiais”.

GREVE
Alguns setores da Universidade Regional do RN estão fora de sintonia ao defenderem uma paralisação. Faltando 45 dias para o término da administração do atual governador, a exemplo das mobilizações anteriores, nada será conseguido com essa greve extemporânea.

INCONGRUÊNCIA
A governadora eleita, Fátima Bezerra, mostrou incoerência ao não comparecer ao encontro dos governadores com o presidente eleito, Jair Bolsonaro, mas dizer que “reafirma a total disposição em dialogar com o futuro Governo da República e defender, como sempre fez, os interesses do povo potiguar”.