domingo , 15 de dezembro de 2019
Home / Destaques / MST realiza campanha financeira para 4ª Feira da Reforma Agrária no RN
Objetivo da feira é levar debate da reforma agrária à população / Isadora Morena
Objetivo da feira é levar debate da reforma agrária à população / Isadora Morena

MST realiza campanha financeira para 4ª Feira da Reforma Agrária no RN

O Movimento dos trabalhadores Rurais Sem Terra (MST), do Rio Grande do Norte, está realizando uma campanha financeira para a realização da sua IV Feira Cultural da Reforma Agrária Popular. A feira ocorre neste próximo sábado (16), em frente ao Memorial Câmara Cascudo, e pretende reunir agricultores familiares de todo o estado.

Segundo Erica Rodrigues, do Setor de Juventude, Comunicação e Cultura do MST-RN, todo dinheiro arrecadado é para custear a infraestrutura do espaço (como tendas e mesas), o transporte dos agricultores, do interior para a capital potiguar, e pagar artistas das atividades culturais. Tudo isso para o objetivo principal: dialogar sobre reforma agrária.

“A feira tem o objetivo central de levar o debate da reforma agrária popular para o conjunto da sociedade. Dizer que a reforma agrária, distribuição de terra, alimentação saudável, não é só assunto do povo do campo, do MST e dos agricultores, é assunto de toda sociedade”, explica.

Com a participação na campanha, as pessoas que contribuírem podem receber produtos e símbolos do Movimento Sem Terra, como bonés e bandeiras, ou alimentos agroecológicos, como café orgânico, pimenta, arroz e geleia.

Para contribuir, basta entrar no link da campanha, escolher um valor, realizar o cadastro no site, e pagar. A feira ocorre no sábado (16), em frente ao Memorial Câmara Cascudo (Praça André de Albuquerque, Cidade Alta, Natal).

Confira a programação:

•    7h: Início da feira com um café da manhã;

•    8h: Encontro de grupos de capoeira de Natal e região;

•    10h: Debate: “Um Canto de Revolta pelos Ares: A Resistência Negra Popular”. Participação de Elizabeth Lima, do Movimento Negro Unificado; Rosa Maria, do MST; Cândido, do Quilombo; e Pollyana Carolina, do Coletivo Leilane Assunção;

•    12h: Almoço, “Culinária da Terra”;

•    13h: Apresentação musical de Felipe Nunes;

•    14h: Ensaio geral do grupo Zamberacatu;

•    15h: Apresentação teatral do Grupo Diversos (Assú);

•    16h30: Apresentação musical da banda de reggae, Da Folha (Ceará-Mirim);

•    17h: Forró do Escurinho.

 

 

Agência Brasil