segunda-feira , 21 de outubro de 2019
Home / Cotidiano / Mossoró ganha aplicativo guia turístico criado por alunos do SESI
Mossoró ganha aplicativo guia turístico criado por alunos do SESI

Mossoró ganha aplicativo guia turístico criado por alunos do SESI

Um grupo de alunos da escola SESI de Mossoró, no interior do Rio Grande do Norte, desenvolveu um aplicativo de localização e orientação para indicar os pontos turísticos do município, o Geo Tour.

O projeto do aplicativo foi um dos destaques do 3º Encontro Nacional do Sistema Estruturado de Ensino da Rede SESI. Ao todo, 20 experiências exitosas de diferentes cidades brasileiras foram destacadas durante o evento.

Aryon Charlon, professor orientador do aplicativo Geo Tour, partiu de uma problemática para ter a ideia do projeto Geo Tecnologias Integrada ao Ensino Básico. Hoje, seja dentro ou fora da sala de aula, as pessoas passam muito tempo com o celular na mão, como explica o docente.

“Se o aluno passa em média 13 horas com o celular, seja mandando mensagem pro namorado, pra uma mãe, um pai, ou seja jogando ou acessando rede social, ele vai continuar fazendo a mesma coisa, só que vai tirar um tempinho para estar com o celular, que ele gosta muito, mas aí aprendendo e difundindo conhecimento.”

Em dois meses, os alunos criaram 25 aplicativos. O Geo Tour servirá para os próprios moradores de Mossoró conhecerem mais a cidade, como para visitantes, em forma de guia turístico. A ferramenta oferecerá informações sobre pontos de visitação, points, lugares históricos, igrejas antigas, prédios de arquitetura interessante e até com indicações de eventos, com fotos e textos de descrição.

Durante o 3º Encontro Nacional do Sistema Estruturado de Ensino da Rede SESI, nos dias 29 e 30 de novembro, em Brasília, houve uma palestra sobre STEAM, metodologia que trabalha de forma integrada as áreas de Ciências, Tecnologia, Engenharia, Arte e Matemática e é baseada na aprendizagem por projetos.

O modelo STEAM já está sendo utilizado dentro da rede de escolas do SESI, como explica o gerente executivo do SESI, Sérgio Gotti.

“Trabalhos que foram desenvolvidos este ano especificamente, dentro de uma perspectiva de um movimento STEAM, que é o que temos trabalhado constantemente junto a nossa rede, em termos de currículo, em termos de mudança profissional, inclusive, dentro do perfil dos profissionais que a gente contrata, então esses professores a gente lançou esse desafio, quais são as boas práticas que estão desenvolvendo dentro dessa perspectiva do STEAM”.

Esta foi a terceira edição do Encontro Nacional do Sistema Estruturado de Ensino da Rede SESI, que acontece uma vez por ano.