terça-feira , 21 de novembro de 2017
Home / Opinião / Elviro Rebouças / MEU ABRAÇO, FELIZ ANO NOVO!

MEU ABRAÇO, FELIZ ANO NOVO!

Passadas as alegrias do Natal, quando Cristo renasceu em nossos corações, mais de dois milênios após o acontecimento verdadeiro e mágico da manjedoura de Belém, no Oriente, que este Natal tenha trazido o amor e a esperança para fazer aquecidos os seus corações. Embora cristão e católico praticante a cada dia, desde a mais tenra infância, particularmente sinto-me triste no Natal, principalmente com as perdas dos entes queridos, que nos precederam no sinal da fé. Pai, mãe, irmão, tantos amigos e muito fortemente a privação de não ter ao meu lado a minha alma gêmea, amaravilhosa e encantadora esposa que Deus reservou para mim, que tanto me amou e foi amada. Contando com perdão de Jesus Cristo, sempre misericordioso, não consegui vencer tais amarguras. Mas que o Ano Novo traga, a cada um de vocês, individualmente, grandes realizações e muitas felicidades! Que não faltem a boa comida e os presentes, mas que principalmente haja saúde plena, alegria, a paz tão necessária a cada um e a todos, e muitos bons sentimentos para compartilhar. Que cada um, no recôndito de sua individualidade, possa celebrar estas festas junto à família,célula maior do ser humano, ou próximodaqueles a quem mais ama. Que as felicidades vivenciadas no Natal sejamo prenúncio de um próspero Ano Novo para todos vocês que compartilharam comigo, durante todo o áspero calendário de 2015 a leitura dos nossos artigos,que traduziram o meu fiel pensamento, retratando o que julguei, sem emoções, paixões ou medo , mais importante em formar e informar. É para você leitor, que concordou com tudo, ou com parte, ou até discordou da todas as minhas opiniões. Aos que assistiram minhas modestas palestras em auditórios, universidades, clubes ou colégios, minhas entrevistas em televisão, rádio ou jornal. Este momento agora é um escaninho de confluência, aonde somos todos iguais, e nos nivelamos com o mesmo sentimento – o da fraternidade fincada no basilar e verdadeiro amor ao semelhante. Mais um ano se encerra, mais um ciclo se fecha e é tempo de fazer uma retrospectiva. É prazo de olhar para trás e rever os planos que foram traçados, o caminho que foi percorrido, as metas e objetivos que foram realizados, e os sonhos que foram alcançados. É tempo também de olhar para frente, refazer objetivos, vislumbrar novos horizontes, e abrir o coração para sonhar. Eu, particularmente, agradeço por ter feito parte do seu cotidiano de leitura, de ter tido o contato, pela oportunidade de fazer parte da sua história e, caso eu tenha lhe ajudado, por contribuir com o seu engrandecimento, fique certo que isto terá valido muito para mim. Espero que esta parceria continue ainda por muitos e muitos anos, ensinando, e muito mais aprendendo, com todos e com cada um, com sua leitura, sua opinião, o seu elogio e a sua crítica – esta sempre a recolho como uma contribuição para, colocando no meu modesto laboratório de análise, verificar se errei, e ter a humildade de, confirmado a premissa, aceitar e modificar no que julguei erroneamente. Sabemos que ninguém é proprietário da verdade. Como criaturas, filhos de um Deus bom, infinito e perfeito, contudo temos imperfeições, e é salutar, sempre que possível, procurar nos libertar das que nos foremplausíveis. Permita-me leitor, da minha pequinesa, falar com o grande Pai e dizer : Senhor Deus, dono do tempo e da eternidade,teu é o hoje e o amanhã, o passado e o futuro.Ao acabar mais um ano, quero te dizer obrigadopor tudo aquilo que recebi de Ti.Obrigado pela vida e pelo amor, pelas flores, pelo ar e pelo sol, pela alegria e até pela dor,pelo que é possível e pelo que não foi.

Ofereço-te tudo o que fiz neste ano, o trabalho que pude realizar, as coisas que passaram pelas minhasmãos e o que com elas pude construir.Apresento-te as pessoas que ao longo destes amei, as amizades novas e os antigos amores,os que estão perto de mim e os que estão ais longe,os que me deram sua mão e aqueles que pude ajudar,os com quem compartilhei a vida, o trabalho, a dor e a alegria.Mas também, Senhor, hoje quero Te pedir perdão.Perdão pelo tempo perdido, pelo dinheiro mal gasto,pela palavra inútil e o amor desperdiçado.Perdão pelas obras vazias e pelo trabalho mal feito,perdão por viver sem entusiasmo.Também pelaoração que aos poucos fui adiandoe que agora venho apresentar-te, por todos meus olvidos,descuidos e silêncios, novamente te peço perdão.Nos próximos dias começaremos um novoano. Paroa minha vida diante do novo calendário que ainda não se inicioue Te apresento estes dias,que somente Tu sabes se chegarei a vivê-los.Hoje, Te peço para mim, meus parentes e amigos, a paz e a alegria,a fortaleza e a prudência, a lucidez e a sabedoria.Quero viver cada dia com otimismo e bondade,levando a toda parte um coração cheio de compreensão e paz.Fecha meus ouvidos a toda falsidade e meus lábios a palavrasmentirosas, egoístas ou que magoem.Abre, sim, meu ser a tudo o que é bom.Que meu espírito seja repleto somente de bênçãospara que as derrame por onde eu passar.Senhor, a meus amigos que lêem esta mensagem,enche-os de sabedoria, paz e amor. E que nossa amizade durepara sempre em nossos corações.Enche-me, também, de bondade e alegria, para quetodas as pessoas que eu encontrar no meu caminhopossam descobrir em mim um pouquinho de Ti.Dá-nos um ano feliz, e ensina-nos a repartir felicidade. Meu abraço, Feliz 2016, Amém.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *