quarta-feira , 13 de novembro de 2019
Home / Brasil / “Lava Jato é cheia de meias verdades”, diz ex-juiz que prendeu Pinochet
sem-titulo-1

“Lava Jato é cheia de meias verdades”, diz ex-juiz que prendeu Pinochet

O ex-juiz espanhol Baltasar Garzón, conhecido por ter participado de julgamentos que tinham as ditaduras de Argentina e Chile como réus e que decretou a prisão de Augusto Pinochet em 1998, questiona a maneira como a Lava Jato foi comandada no Brasil e argumenta que houve uma “clara intenção política de eliminação” do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva da disputa eleitoral.

Em entrevista à Agência Efe em um hotel em São Paulo, Garzón também opinou sobre a tensão vivida na Argentina a poucas semanas das eleições; fala do processo de paz na Colômbia e confirma que pretende retornar à magistratura em 2021, após cumprir o período de inabilitação ao qual foi condenado por ter ordenado escutas ilegais.

 

Agência EFE