quinta-feira , 13 de dezembro de 2018
Home / Destaques / Jornal espanhol El Pais repercute presença militares nas eleições brasileiras
Foto Internet
Foto Internet

Jornal espanhol El Pais repercute presença militares nas eleições brasileiras

Em reportagem assinada por Felipe Betim e Afonso Benites, o jornal espanhol El País abre manchete com “A prolongada e incômoda sombra dos militares nas eleições brasileiras”, mostrando que o exército retoma protagonismo no maior país da América Latina, pela primeira vez em 30 anos de democracia.

O candidato em primeiro lugar nas pesquisas sobre as eleições que serão realizadas no próximo domingo é um ex-capitão do Exército. Se vencer, seu vice-presidente será o ex-general Hamilton Mourão, que defendeu os torturadores da ditadura militar (1964-1985) e um novo golpe como solução para a crise política brasileira.

A intervenção militar no riio de Janeiro é citada como um ato em que o presidente Michel Temer tirou da cartola o general Walter Braga Netto. Por outro lado, o general Joaquim Silva e Luna, nomeado como ministro da Defesa, o primeiro militar em 20 anos a ocupar esse cargo.

Até 2017 o cenário foi diferente: “as instituições brasileiras melhoraram. No passado estávamos sempre pensando nos generais. Agora não sabemos o nome de nenhum general, mas todo mundo conhece todos os ministros do Supremo Tribunal Federal”, dizia o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso (1995-2003) em entrevista ao EL PAÍS em setembro do ano passado. Em muito pouco tempo, as coisas mudaram.