sexta-feira , 19 de abril de 2019
Home / Destaques / Jingles Presidenciais – 1 Getúlio Vargas

Jingles Presidenciais – 1 Getúlio Vargas

JINGLES DE CAMPANHAS PRESIDENCIAIS- 1
GETÚLIO VARGAS

Getúlio Vargas

Jingle de campanha política marca pessoas que atravessam os anos sem esquecer o que ouviu em relação aos candidatos, pouco importando a simpatia pelos nomes festejados. O jingle tem o objetivo de ajudar a eleger o candidato.

Getúlio Vargas assumiu o governo em 1930 através de um golpe militar, sendo deposto por outro golpe, no dia 29 de outubro de 1945. Getúlio retorna ao poder em 1951, desta vez eleito, em 1950, ano em que venceu as elições com quase quatro milhões de votos.

A música de sua campanha foi composta por Haroldo Lobo e Marino Pinto e interpretado por Francisco Alves. Era uma referência ao fato de Getúlio ter determinado que as repartições públicas colocassem o retrato do presidente na parede.
Bota o retrato do velho outra vez
Bota no mesmo lugar
Bota o retrato do velho outra vez
Bota no mesmo lugar

O sorriso do velhinho faz a gente trabalhar
O sorriso do velhinho faz a gente trabalhar

Eu já botei o meu
E tu, não vais botar?
Já enfeitei o meu
E tu, vais enfeitar?

O sorriso do velhinho faz a gente se animar
O sorriso do velhinho faz a gente se animar

“Bota o retrato do velho” foi lançada como marchinha de carnaval, sendo a mais tocada no tríduo carnavalesco de 1950