terça-feira , 21 de maio de 2019
Home / Esporte / Guga diz que eliminação de favoritos é banho de água fria para Rio Open
download (8)

Guga diz que eliminação de favoritos é banho de água fria para Rio Open

O ex-tenista Gustavo Kuerten comentou nesta quarta-feira a eliminação de sete dos oito primeiros cabeças de chave do Rio Open logo na primeira rodada e admitiu que a queda dos competidores mais bem ranqueados é ruim para o torneio, da série ATP 500 do circuito profissional masculino.

“Este ano foi um dos mais difíceis para o Rio Open, e a eliminação dos principais jogadores na primeira rodada é um banho de água fria para a organização”, afirmou Guga em entrevista coletiva concedida no Jockey Club Brasileiro, sede do evento.

Mas, como de costume, o tricampeão de Roland Garros completou a declaração com uma visão mais otimista da situação. “Isso é o fascinante do tênis, e não é só no Rio que os favoritos perdem cedo”, disse.

Apenas um dos oito cabeças de chave do Rio Open se classificaram para a segunda rodada, o português João Sousa, quinto pré-classificado, que derrotou o argentino Guido Pella com um 6-4 no terceiro set. Tenistas badalados, como o austríaco Dominic Thiem (8 do mundo), Fábio Fognini (15) e o argentino Diego Schwartzman (19), atual campeão, se despediram de maneira precoce.

“A expectativa é que os melhores e os mais conhecidos vençam, mas isso não acontece sempre. Assim é o tênis, e é preciso seguir em frente”, comentou Guga, que lembrou que muitos dos tenistas disputaram o ATP 250 de Buenos Aires na semana passada.

“No tênis, é normal perder. São tenistas que vêm de competições na Austrália e na Argentina e podem chegar cansados ao Brasil. No tênis, tudo influencia, desde uma bola na linha até um pouco de cansaço”, acrescentou.

Agência EFE