sábado , 25 de novembro de 2017
Home / Opinião / Giro pelo Estado / Giro pelo Estado – A tsunami “seletiva” nas prefeituras do RN
Passagem de Caio Castro na região serrana rende boa projeção
Passagem de Caio Castro na região serrana rende boa projeção

Giro pelo Estado – A tsunami “seletiva” nas prefeituras do RN

Com a crise que atinge os municípios, pagar o funcionalismo em dias passou a ser um grande feito. Cidades como Pau dos Ferros e Portalegre, tem conseguido cumpri com a mata básica.  Outras como Areia Branca e Mossoró, sofrem para encontrar uma solução mágica que evite este problema. O certo é que as prefeituras que se anteciparam, estão conseguindo superar a tsunami que atinge os executivos em todo o País. A de Upanema, por exemplo, anunciou nesta sexta-feira o calendário anual de repasses. Quem preferiu cruzar os braços, pena para encontrar uma solução imediatista, mesmo que a partir da aplicação de remédio amargo na reta final de 2015. O Governo do Estado também já confirmou que atrasará o pagamento do funcionalismo. O certo é que o efeito cascata deverá complicar ainda mais a já combalida economia do Rio Grande do Norte. Viramos passageiros da agonia de um sistema falido. Até quando?

Tensão

Em Areia Branca o clima anda tenso. Os servidores públicos municipais deflagraram greve geral e a prefeita Luana Bruno sofre uma pressão extrema, mantida há meses. Luana paga o preço de não ter encaminhado as reformas necessárias no início do governo. Situação complexa na salinésia.

Candidata?

Com o andamento da gestão, Luana teve que acabar com o carnaval da cidade, não conseguiu emplacar nenhuma obra importante, e de quebra perdeu o controle das finanças do município. Terá dificuldade para buscar a reeleição, caso queira.

Candidato?

Já em Portalegre, com funcionalismo em dia, e com obras engatilhadas, o prefeito Neto da Emater desdenha quando o assunto é o projeto de reeleição. Neto afirma que só decidira se será candidato em abril. Até lá analisará o cenário para saber se seu projeto terá viabilidade.

Na serra

E por falar em Portalegre, o ator Caio Castro fez uma rápida passagem pelo município na tarde desta quinta-feira. Rápida, mas o suficiente para colocar o município no foco das redes sociais durante todo o dia. Caio esteve na cidade gravando reportagens que serão exibidas pela Inter TV e pela Rede Globo.

Surpreso

Bastante assediado, o ator foi atencioso com as fãs locais, e de outras cidades, que conseguiram furar o bloqueio da segurança. Acompanhamos as gravações na Cachoeira do Pinga e o ator se mostrou surpreso com o que tem visto no Rio Grande do Norte. Apesar das gravações, Caio Castro está no RN em férias.

Frio

Alertado sobre a água fria da Cachoeira do Pinga, local da gravação, Caio fez o teste com o pé e soltou. “Nada que se compare a Copa”, numa alusão as águas de Copacabana, conhecidas pelas baixas temperaturas faça chuva ou faça sol. Caio Castro saiu maravilhado com os encantos da cachoeira portalegrense.

Pipa

Após deixar o Alto Oeste, Caio Castro seguiu de avião rumo a capital, de onde iria ainda nesta quinta-feira para Pipa. O ator permanecerá em Pipa até este domingo, acompanhado de um irmão e de um amigo. Encerrará sua viagem de férias em alto estilo.

Transição

Em Pau dos Ferros a saída da secretaria de saúde Patrícia Leite abriu uma série de especulações em torno dos nomes que poderiam substitui-la. O prefeito Fabrício Torquato optou por uma solução caseira. Anunciará o nome da irmã Monalisa Torquato para a função. Decisão estratégica.

Diarreia

Ainda com relação a saúde de Pau dos Ferros, nessa quarta-feira foram atendidas 120 crianças com problemas de diarreia, que crescem neste período. Uma ação integrada tem ajudado a cuidar dos casos. Número alto que sobrecarrega o já combalido sistema de atendimento do município oestano.

Muro

A dúvida com relação ao local onde seria realizado o clássico Potiba no próximo domingo acabou. O Corpo de Bombeiros exigiu a construção de dois muros nas arquibancadas, restringindo ainda mais a capacidade de público, e foi atendido. O Nogueirão agora passa a ter uma capacidade de 3.2 mil torcedores. Será que o estádio receberá 2 mil no domingo?