quarta-feira , 21 de agosto de 2019
Home / Destaques / Fátima: Francisco Marto «ajuda a perceber que a santidade é uma coisa normal»
Os-pastorinhos

Fátima: Francisco Marto «ajuda a perceber que a santidade é uma coisa normal»

Fátima, 12 jul 2019 (Ecclesia) – O Santuário de Fátima dedicou o Curso de Verão 2019 ao pastorinho São Francisco Marto e a manhã do último dia de formação centrou-se nos “retratos nas representações artísticas” e nos “retratos espirituais” do pastorinho da Cova da Iria.

“Francisco ajuda-nos a perceber que a santidade é uma coisa normal para uma testemunha de Deus, é a criança que é chamada em silêncio e que aproveita a sua quase inaptidão auditiva como vocação. Encontra-se em Deus e vive mergulhado em Deus e a partir deste mergulho vive a sua vida normal, com tudo aquilo que implica”, disse Pedeo Valinho em declarações à Agência ECCLESIA.

Neste último dia da 4.ª edição do curso de verão 2019, o teólogo falou sobre ‘Os retratos espirituais de São Francisco Marto’, a criança que “não tem gestos heroicos extraordinários para apresentar” mas que é um dos seus traços característicos e “da sua santidade.  O pastorinho vidente é, claramente, um contemplativo, talvez um místico”, e o que gostava é de procurar o seu recanto para “pensar em Deus”.

“Vive tudo o que tem a viver enquanto criança mas preenchido por este foco, por esta luz, que ilumina os seus dias”, acrescentou sobre Francisco Marto que pode ser um “instrumento pastoral muito interessante” a utilizar em Igreja para dizer aos jovens e crianças que “a aventura da fé é possível”.

“Francisco e Jacinta complementam-se muito bem como modelo pastoral. Francisco recorda-nos muito esta necessidade da contemplação do foco em Deus”, assinalou.

 

Agência Ecclesia