quarta-feira , 12 de dezembro de 2018
Home / Destaques / Exército dos EUA recebe 1ª transgênero após Justiça decidir contra proibição de Trump
Em julho do ano passado, Trump anunciou que iria proibir transgêneros de servirem no Exército dos EUA. Juízes bloquearam decisão e governo não recorreu. Foto: REUTERS/Carlo Allegri/File Photo
Em julho do ano passado, Trump anunciou que iria proibir transgêneros de servirem no Exército dos EUA. Juízes bloquearam decisão e governo não recorreu. Foto: REUTERS/Carlo Allegri/File Photo

Exército dos EUA recebe 1ª transgênero após Justiça decidir contra proibição de Trump

Pela primeira vez nos Estados Unidos o Exército recebeu um soldado (recruta) transgênero. É o primeiro caso desde que um tribunal federal decidiu que o Exército norte-americano teria de aceitar pessoas declaradamente transgênero, no final do ano passado. A informação foi repassada na segunda-feira (26) pelo Pentágono.

A decisão judicial determinou que a partir do primeiro dia deste ano, o exército americano deveria receber pessoas abertamente transgênero. O comunicado do Pentágono diz que o a partir do dia 23 de janeiro de 2018, um indíviduo transgênero passa a servir o Exército dos Estados Unidos.

Em julho do ano passado, Trump decidiu proibir o ingresso de transgênero no Exército do país, decisão apoiada pelos conservadores republicanos, sobretudo o vice-presidente Mike Pence. A administração de Barack Obama havia decidido acolher pessoas transgênero nas atividades militares do país.

A decisão foi contestada e diferentes tribunais consideraram que a medida adotada por Trump era ilegal por não seguir o preceito constitucional da proteção da igualdade perante a lei.

Agência Brasil