quarta-feira , 26 de setembro de 2018
Home / Destaques / Emissoras de TV perdem poder de escolha para transmissão dos jogos da Libertadores
tv-futebol-615x400

Emissoras de TV perdem poder de escolha para transmissão dos jogos da Libertadores

As transmissões dos jogos da Libertadores na TV podem ter novas regras a partir de 2019. A Conmebol quer que as emissoras fiquem impedidas de escolher os jogos que vão transmitir durante a competição.

Atualmente, as emissoras de TV que transmitem a Libertadores, como a TV Globo, SporTV e Fox Sports, participam da elaboração da tabela da Liberta e escolhem quais jogos querem transmitir.

As partidas são remanejadas para os dias e horários de interesse das TVs, ou seja, têm como objetivo priorizar os jogos que possam atrair mais audiência.

De acordo com o Blog do jornalista Rodrigo Mattos, do UOL, a Conmebol, responsável pelos direitos de transmissão das competições sul-americanas, está finalizando a licitação para a venda dos direitos de TV das copas Libertadores e Sul-Americana do ano que vem.

A licitação, que deve ser lançada até o início de março, prevê que a Conmebol monte sozinha as tabelas das competições, sem a participação das emissoras de TV.

Sendo assim, a confederação deve oferecer para o mercado brasileiro quatro pacotes de direitos de transmissão da Libertadores. Um pacote será destinado para a TV aberta, com direito de transmissão de um jogo por rodada. Dois pacotes devem ser direcionados para a TV fechada e outro para os jogos de quinta-feira, destinados para transmissão em todas as plataformas.

A emissora de TV que comprar os direitos de transmissão da Libertadores no Brasil não terá garantias de quais times estarão jogando nos dias e horários dos pacotes adquiridos.

Para a próxima temporada, a expectativa da Conmebol é que a copas Libertadores e Sul-Americana rendam cerca de 350 milhões de dólares com os direitos de transmissão das competições na TV.

Informações Cristiano Carlos