domingo , 25 de junho de 2017
Home / Destaques / Eclipse solar terá início às 9h deste domingo
eclipse-solar

Eclipse solar terá início às 9h deste domingo

O domingo de carnaval será marcado por um raro fenômeno astronômico que será visível em países da América do Sul. No início da manhã será registrado o primeiro eclipse solar de 2017. No Brasil, ele poderá ser visto de forma parcial em algumas regiões no intervalo entre as 9h e as 12h.

O fenômeno será anular (quando se vê toda a silhueta do Sol e um anel de luz ao redor) no sul do Chile, Argentina e Angola e no norte da Zâmbia. A Lua levará duas horas para cruzar o Sol, mas o eclipse anular terá duração de apenas um minuto.

No Brasil, o eclipse poderá ser visto a partir das 10h02 em São Paulo. No Rio de Janeiro, às 10h10. No intervalo entre as 9h e às 12h do domingo, o fenômeno poderá ser acompanhado em todas as capitais, exceto Rio Branco, Macapá, Manaus, São Luís, Belém, Porto Velho e Boa Vista. Porto Alegre será a capital com melhor visibilidade devido a posição geográfica privilegiada.

No Rio Grande do Norte a visibilidade poderá ser prejudicada pela presença de nuvens no céu.  As previsões climatológicas apontam para a presença de nuvens no céu durante praticamente todo o dia em boa parte do estado.

Os astrônomos lembram que é necessário tomar algumas medidas para acompanhar o fenômeno. Não é seguro olhar diretamente para o Sol, já que há risco de comprometer a visão. O ideal é usar um óculos especial que impeça a ação direta dos raios solares no globo ocular.

O outro eclipse solar do ano ocorrerá no dia 21 de agosto e terá uma duração de 2 minutos e 40 segundos. Segundo a Nasa, ele deverá ser visto parcialmente na América do Sul – a escuridão total ficará por conta dos moradores dos Estados Unidos.

ANULAR – O eclipse solar anular ocorre quando a Terra, a Lua e o Sol se alinham. Mesmo quando estão alinhados perfeitamente, a Lua está muito longe da Terra para bloquear completamente a visão do Sol, e por isso perto do disco negro do satélite é possível ver um anel de luz do astro.