domingo , 17 de dezembro de 2017
Home / Opinião / Laíre Rosado / É Isto a Justiça ?

É Isto a Justiça ?

EDITORIAL DO ESTADÃO
01.06.17

Em seu editorial de hoje, o jornal O Estado de São Paulo questiona os métodos que vêm sendo utilizados pelo juiz Sérgio Moro que defende as delações premiadas, dizendo que, sem elas, “não teria sido possível descobrir os esquemas de corrupção no Brasil”.

Mas, diz o editorial, o problema é que, atualmente, a julgar pelo que chega ao conhecimento do público, as múltiplas acusações feitas pelo Ministério Público contra figurões do mundo político estão baseadas somente, ou principalmente, nas delações, sem que venham acompanhadas de provas materiais suficientes para uma condenação. Quando muito, há provas testemunhais, nem sempre inteiramente dignas de crédito ou confiança.

E lembra que o juiz Oliver W. Holmes ensinava que o juiz não faz justiça, aplica a lei.

O Jornal mostra a incoerência do juiz Sérgio Moro: Se é verdade, como diz o juiz Sérgio Moro, que o objetivo dos paladinos do Ministério Público é “pegar os grandes” criminosos, como explicar que alguém que confessa crimes dessa magnitude, como fez Joesley Batista, não será punido? A resposta é muito simples: o objetivo não é pegar os grandes criminosos, mas apenas aqueles que, na visão dos procuradores da República, devem ser alijados da vida nacional – isto é, os políticos. Ainda que nenhuma prova apareça para corroborar as acusações, o estrago já estará feito. E, no entanto, há muitos políticos honestos neste país.

O editorial encerra mostrando que “ a agenda nacional, em meio a uma das mais graves crises da história, foi definitivamente contaminada pelo pressuposto de que o Brasil só será salvo se a classe política for desbaratada, como se fosse uma quadrilha. Isso não costuma dar boa coisa.