quarta-feira , 26 de julho de 2017
Home / Opinião / Lairinho Rosado / Dinheiro parece ter, mas…

Dinheiro parece ter, mas…

Enquanto todo o Brasil, o Rio Grande do Norte e Mossoró assistem o Centro de Oncologia e Hematologia de Mossoró (COHM) fechar as portas porque a Prefeitura de Mossoró não fez os repasses (que já recebeu do Governo Federal), a gestão de Silveira, que se intitula “gestão de coragem” e que o prefeito é “testado e aprovado”, já torrou, somente em 2016, R$ 1.485.825,78 na Secretaria de Comunicação do Município!

Os pacientes de câncer e seus familiares precisam saber disso.

Ao todo, o atual prefeito de Mossoró, que assumiu prometendo uma gestão moderna, vem gastando muito dinheiro público em Comunicação.

No primeiro mês de sua gestão, em dezembro de 2013, ele gastou R$ 471.435,78 com a Secretaria de Comunicação Social, comandado pela cunhada.

Em 2014 a bagatela de R$ 6.773.866,70.

Em 2015 foram R$ 5.321.073,04.

Somado o período, Francisco José Jr gastou R$ 14.025.201,30 em Comunicação Social. Ele está no poder há quase 29 meses, o que dá uma média de R$ 484 mil por mês. Significa dizer que, em média, o prefeito está gastando R$ 16.121,00 todo dia com Comunicação Social!

Isso sem contar que há vários veículos de comunicação levando calote da Prefeitura de Mossoró há quase dois anos. O recado é claro, a proposta é indecente: elogie a gestão e receba. Enquanto uns nadam em dinheiro ao custo da honestidade com o leitor, outros pagam o preço da independência e da liberdade.

O prefeito, como afirmou textualmente o vice-prefeito Luis Carlos, não é afeito à transparência.