quarta-feira , 20 de setembro de 2017
Home / Universo / Dicas Gramaticais / Dicas Gramaticais

Dicas Gramaticais

Curiosidades

Concordância nominal
Caso 1 – Regras básicas:
1ª) Adjetivos, numerais, pronomes e artigos concordam com o substantivo em gênero e número.
Ex.: “Ele é um homem ALTO”; “Ela é uma mulher ALTA”; “São dois homens ALTOS”;
2ª) Os advérbios, as conjunções e as preposições não se flexionam.
Ex.:“Ele fala ALTO”; “Ela fala ALTO”; “Eles falam ALTO”.
Caso 2 – Um adjetivo e vários substantivos:
Se houver um substantivo masculino, o adjetivo concordará no masculino plural:
Ex.: “Só lia livros e revistas especializados”;
Se o adjetivo estiver antes dos substantivos, deverá concordar com o mais próximo:
Ex.: “Mostrou baixa forma física e desempenho”.
Caso 3 – Um substantivo e vários adjetivos:
O substantivo vai para o plural ou fica no singular e o artigo deve ser repetido:
Ex.: “As polícias civil e militar”; “A polícia civil e a militar”; “Hastearam as bandeiras do Brasil e da Argentina”; “Hastearam a bandeira brasileira e a argentina”; “Alunos de quinta e sexta séries; “Alunos da quinta e da sexta série”.
Caso 4 – Adjetivos compostos:
Somente o segundo elemento se flexiona em gênero e número:
Ex.: “Eram questões médico-hospitalares”;
“Sempre admirou a cultura greco-latina”;

Curiosidades II

Continuação…
Caso 5 – Cores:
Adjetivos concordam: Ex.: “Eram camisas vermelhas, azuis e amarelas”;
Substantivos em função de adjetivo não se flexionam: Ex.: “Eram camisas limão e violeta”;
Cores compostas em que o segundo elemento é substantivo não se flexionam: Ex.: “Eram camisas verde-limão e vermelho-sangue”.
Caso 6
Meio = metade (numeral): concorda;
Meio = mais ou menos (advérbio): não concorda.
Ex.: “Comeu meia laranja”; “Ela é meio nervosa”;

Caso 7
Bastante = muito, suficientemente (advérbio): não concorda;
Bastante = suficiente (adjetivo): concorda.
Ex.: “Eles ficaram bastante cansados”; “Já tem provas bastantes para incriminar o réu”;
Caso 8
Só = sozinho: concorda;
Só = somente: não concorda.
Ex.: “Eles moram sós”; “Só os dois não viajaram”;
Caso 9
Mesmo = próprio: concorda;
Mesmo = até, realmente: não concorda.
Ex.: “Ela mesma resolveu os problemas”;
“Eles feriram a si mesmos”.

Rapidinhas

Gramaticando

Paralizar OU paralisar?

Geralmente, os verbos terminados em -IZAR são grafados com Z: amenizar, civilizar, fertilizar, legalizar, normalizar, realizar, suavizar, etc.
O que esses verbos têm em comum? Nenhum deles tem a letra Z ou a letra S na palavra de origem: ameno, civil, fértil, legal, normal, real, suave.

Já o verbo PARALISAR é diferente. Ele deriva de PARALISIA, que se escreve com S. E escrevem-se com S (a terminação ISAR) os verbos derivados de palavras que já têm S:
análise – ANALISAR
aviso – AVISAR
paralisia – PARALISAR
pesquisa – PESQUISAR

Metade dos professores passaram OU passou no exame?

Agora vamos falar de uma concordância especial. A concordância verbal com expressões do tipo: PARTE DE, UMA PORÇÃO DE, METADE DE, A MAIORIA DE, GRANDE PARTE DE…

Por exemplo, você diria que: a metade dos professores participou da reunião OU a metade dos professores participaram da reunião?

Em casos como esse, a preferência é pelo verbo no singular: a metade dos professores participou da reunião. Pois, assim, o verbo concorda com a palavra METADE que é o núcleo do sujeito. Mas a concordância com a palavra no plural também é aceita. Você pode dizer: a metade dos professores participaram da reunião.
Assim, embora a preferência seja pela concordância com o núcleo do sujeito no singular, estão igualmente corretas as duas formas.

Ex: A maioria dos vereadores votou no projeto.
OU a maioria dos vereadores votaram no projeto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *