quarta-feira , 22 de janeiro de 2020
Home / Brasil / Desmagtamento na Amazónia sobe 85% em 2019
Desmatamento

Desmagtamento na Amazónia sobe 85% em 2019

A área com alertas de desmatamento na floresta amazônica brasileira praticamente duplicou em 2019, primeiro ano do governo de Jair Bolsonaro.

Segundo dados do sistema Deter, criado pelo INPE – o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais do Brasil – para detectar os primeiros sinais de desmatamento, a área total registada no ano passado alcançou os 9166 quilómetros quadrados, um aumento de 85 por cento em relação a 2018 (ano em que os alertas de desmatamento referiam uma área de 4946 quilómetros quadrados).

Esses dados foram divulgados pela plataforma Terra Brasilis. Os dados mostram que, de janeiro a dezembro do ano passado, a área com alertas chegou a 9.165,6 km². Já em 2018, o número foi de 4.946,37 km².

Os alertas diários são emitidos pelo Sistema de Detecção de Desmatamento em Tempo Real (Deter) e servem para embasar ações de fiscalização do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama).