sábado , 25 de novembro de 2017
Home / Destaques / Deputado conservador britânico é suspenso por “graves acusações” de assédio
Charles Elkpich

Deputado conservador britânico é suspenso por “graves acusações” de assédio

O Parlamento Britânico está repleto de escândalos por supostos casos de assédios sexuais, envolvendo parlamentares de todos os partidos. A imprensa britânica publicou, hoje (4), a informação de que o deputado do Partido Conservador Charlie Elphicke, de 46 anos, foi suspenso de suas atividades partidárias por conta de acusações dessa natureza.

O parlamentar se mostra surpreso com a denúncia e assegura desconhecer o episódio e registrou, no Twitter, haver tomado conhecimento da suspensão pela imprensa. “Não sei do que se tratam as acusações e nego qualquer comportamento indevido”, disse.

Nos últimos dias, o deputado trabalhista Kelvin Hopkins, que também foi suspenso por suposto assédio sexual a uma jovem militante, negou “absoluta e categoricamente” a acusação. Outro parlamentar, Clive Lewis também está sendo investigado pelo partido.

Desde que o produtor de cinema Harvey Weinstein foi denunciado por abuso sexual, tendo assediado várias mulheres e o também ator americano Kevin Spacey ser responsabilizado pelo assédio a vários homens, tem crescido o número de revelações envolvendo pessoas importantes que antes eram tidas como pessoas admiradas e respeitadas.

Na Inglaterra, a situação preocupa ao ponto da primeira-ministra britânica, a conservadora Theresa May, convocar para a próxima segunda-feira, reunião com os líderes da oposição, o trabalhista Jeremy Corbyn e o liberal-democrata Vince Cable, a fim de criar medidas a serem aplicadas no Parlamento que possam evitar a repetição de escândalos dessa natureza.