terça-feira , 22 de outubro de 2019
Home / Destaques / Integrantes da cúpula do PCC são assassinados no Ceará
brasil-policia-pcc-gege-do-mangue-20180218-001

Integrantes da cúpula do PCC são assassinados no Ceará

Os corpos de dois dos mais importantes integrantes do PCC, Rogério Jeremias de Simone, vulgo Gegê e o cúmplice, Fabiano Alves de Souza, conhecido por Paca, foram encontrados em Aquiraz, região metropolitana de Fortaleza.

Fora da prisão, Gegê ocupava, atualmente, a chefia do PCC, e Paca era outro líder da facção. Um helicóptero teria efetuado voos em baixa altitude e os ocupantes efetuaram os disparos. As mortes teriam ocorrido na madrugada da última sexta-feira (16), mas os corpos só foram encontrados ontem (17) e, hoje, chegaram ao conhecimento público.

Os corpos foram encontrados perto da Lagoa da Encantada, por um jovem que colhia frutas. O local é de mata fechada, sem acesso via estrada. O homem chamou a Polícia, que iniciou o trabalho de perícia.

A Polícia e o Ministério Público trabalham com a hipótese de que eles foram vítimas de uma emboscada de organização criminosa rival. A suspeita é que os dois estavam atuando pelo PCC no Paraguai e na Bolívia, coordenando importação e exportação de armas e drogas para o Brasil.

A polícia trabalha com duas hipóteses princiapis. A primeira delas é que teria sido represália ao assassinato de Edilson Borges Nogueira, o Birosla, ocorrido na Penitenciária 2 de Presidente Venceslau. A outra é que Gegê estaria ganhando mais poder do que os líderes presos do PCC e teria de ser eliminado para eliminar sua influência.