sexta-feira , 6 de dezembro de 2019
Home / Brasil / Crescer sem Violência capacita trabalhadores do SUAS no Seridó
IMG000000000205615

Crescer sem Violência capacita trabalhadores do SUAS no Seridó

O Governo do Rio Grande do Norte, por meio da Secretaria de Estado do Trabalho, da Habitação e da Assistência Social (Sethas), realizou mais uma capacitação do “Crescer sem Violência”, entre 02 e 03 de julho, em Caicó. O projeto é uma parceria entre a Sethas e o Canal Futura e tem como objetivo formar os profissionais da Rede Socioassistencial para lidar com situações de violência, exploração e abuso sexual de crianças e adolescentes.

Dessa vez, o projeto atendeu aos municípios do Seridó potiguar, como Bodó, Caicó, Currais Novos, Carnaúbas dos Dantas, Cruzeta, Ipueira, Jucurutu, Jardim do Seridó, Jardim de Piranhas, Parelhas, Santana do Mato e Timbaúba dos Batistas. Em média, 40 profissionais da Rede Socioassistencial participaram da capacitação, conduzida pela psicóloga e consultora do Canal Futura, Anamélia Mello.

Assim como ocorreu nas capacitações anteriores, o momento foi marcado por reflexões acerca do papel da assistência social em relação às situações de violações de direitos de crianças e adolescentes. Além disso, foram levantadas discussões acerca do papel da família e da escola na educação sexual e a influência da mídia, em especial das redes sociais, no comportamento e no processo de formação da identidade psicossocial. “Buscamos formar a rede de Assistência para que se possa compreender como a educação sexual pode ser uma estratégia de autoproteção de crianças e adolescentes no enfretamento aos abusos e violências sexuais”, destacou Anamélia.

De acordo com a subcoordenadora da Proteção Social Especial da Sethas, Elizama Evangelista, as oficinas dão continuidade ao cronograma de atendimento aos polos e beneficiarão todos os municípios que possuem Centro de Referência Especializado em Assistência Social (CREAS). “Vamos levar essa capacitação para todas as regiões, focando nos munícipios que possuem CREAS e outros serviços de alta complexidade voltados para crianças e adolescentes”, explicou.

O Crescer sem Violência apresenta um guia de formação com três séries de conteúdo, divididas em quatro episódios, sobre as temáticas do Abuso, da Exploração e do Corpo. O projeto se encontra em sua terceira edição e já esteve presente em mais de 400 municípios brasileiros. No Rio Grande do Norte, já foram capacitados cerca 125  profissionais do Sistema Único de Assistência Social (SUAS).

 

ASSECOM/SETHAS