segunda-feira , 21 de outubro de 2019
Home / Cotidiano / Cresce número de compras online realizadas por pessoas acima dos 60 anos
Cresce número de compras online realizadas por pessoas acima dos 60 anos
Consumidores das gerações mais velhas são os que menos vão economizar neste fim de ano.

Cresce número de compras online realizadas por pessoas acima dos 60 anos

Apesar de o mundo online ser dominado pelos jovens, os mais velhos não ficam atrás quando o assunto é comprar na internet. A geração de consumidores acima dos 60 anos é a que deve apresentar o maior aumento nas compras online neste mês. É o que aponta um levantamento realizado pela Rakuten Digital Commerce, ecossistema de soluções para o comércio eletrônico que atua com mais de 1.200 lojas virtuais no Brasil. Os internautas desta faixa etária devem ter um aumento de 23% no volume de pedidos em 2018, em comparação com o mesmo período do ano passado.

Em seguida, deverão se destacar os consumidores com idades entre 30 e 40 anos, com um aumento esperado de 22%. Já o terceiro maior crescimento de consumo online é esperado entre aqueles que se enquadram na faixa dos 20 aos 30 anos, com uma alta de 21%. “O pagamento do 13º salário influencia na predominância de consumidores mais velhos nas compras onlinepara o Natal, assim como a tradição de presentear filhos e netos”, explica René Abe, CEO e Presidente da Rakuten Brasil.

Compras Online – Final de Ano 2018 – Crescimento Esperado

Menos de 20 anos – 11%

Entre 20 e 30 anos – 21%

Entre 30 e 40 anos – 22%

Entre 40 e 50 anos – 17%

Entre 50 e 60 anos – 8%

Acima de 60 anos – 23%

Gasto médio

O gasto médio de forma geral deve ser de R$ 290,27, o que representa um aumento de 2,5% em relação ao ano passado. Porém, os consumidores das gerações mais velhas são os que menos vão economizar neste fim de ano: os dados revelam que as pessoas de 40 a 50 anos devem gastar em média R$ 355,06 – ou seja, 2% a mais que no fim de ano de 2017.

Em segundo lugar estão os compradores entre 50 e 60 anos, com expectativa de um gasto médio de R$ 344, seguidos dos maiores de 60 anos, que possuem um ticket médio de R$ 305. “Os jovens costumam comprar com maior frequência pela internet, mas com um ticket médio mais baixo, enquanto que os consumidores mais velhos escolhem produtos mais caros”, afirma o executivo.

Gasto médio compras online – Final de Ano 2018

Menos de 20 anos – R$ 197,51 (variação de 1,8%)

Entre 20 e 30 anos – R$ 227,87 (variação  de 1,3%)

Entre 30 e 40 anos – R$ 290,13 (variação de 1%)

Entre 40 e 50 anos – R$ 355,06 (variação de 2%)

Entre 50 e 60 anos – R$ 344,72 (variação de 1%)

Acima de 60 anos –  R$ 305,36 (variação de 2,5%)

Categorias

Considerando os segmentos nesta época do ano, Moda e Acessórios deve liderar como a categoria mais consumida por todas as gerações, exceto por aqueles com idades entre 40 e 50 anos que devem comprar preferencialmente itens do segmento de Livros, Músicas e Vídeos. Para a geração com menos de 20 anos, o segmento de Moda e Acessórios representa mais da metade do total das compras do período (51%).

Já o segmento de Eletrônicos e Informática deve estar no top 5 de todas as gerações, mas indica que fará mais sucesso entre os compradores com até 30 anos. Enquanto o segmento de Perfumes, Saúde e Beleza deve ser o favorito das gerações com mais de 60 anos.

Ao compararmos a performance das categorias em 2017 e a expectativa de crescimento para 2018, independente da geração dos consumidores, o segmento de Brinquedos e Bebês é o que deve apresentar o maior aumento, ano contra ano. Em seguida devem vir Móveis e Decoração, Alimentos e Bebidas, Moda e Acessórios e Perfume, Saúde e Beleza, nesta ordem.

Categorias – Fim de Ano 2018 – Expectativa de Crescimento

Brinquedos e Bebês – 76%

Móveis e Decoração – 67%

Alimentos e Bebidas – 42%

Moda e Acessórios – 29%

Perfume, Saúde e Beleza  – 21%.