terça-feira , 24 de outubro de 2017
Home / Polícia / Acusado de matar prefeito no RN é preso com quadrilha e armas em Pernambuco
negão da serra

Acusado de matar prefeito no RN é preso com quadrilha e armas em Pernambuco

O Grupo de Apoio Tático Itinerante – GATI do 21º BPM apreendeu um arsenal e deteve uma quadrilha composta por quatro homens na noite da terça-feira (12/01). O fato aconteceu no Sítio Trancados, Vila Natuba, área rural da Vitória de Santo Antão, no estado de Pernambuco.

Todo o armamento estava armazenado em uma casa onde se encontravam os ex-presidiários Fabrício dos Santos, de 18 anos, Anderson da Silva Araújo, 20, José Jonas de Araújo, 24, e Francisco Sales Fernandes,“Negão da Serra” de 46, condenado a 101 anos por uma chacina na cidade de Mossoró. Este quarteto faz parte de um grupo especializado em assaltos à bancos e pretendia realizar investidas as agências bancárias instaladas em Gameleira e Glória do Goitá, cidades da Zona da Mata.

Integram o arsenal dois revólveres (01 PT .40, 01 MT .40); 02 fuzis de uso restrito 7,62; 01 Taurus calibre 38; 01 Rossi cal. 38; além de farta munição composta por cal. 762-140; cal. 38 – 13; cal. .40 – 25; cal. 9mm – 17 e um carregador de PT 380 e outro de SMT .40; além de 127 munições de fuzil, 25 munições de ponto 40, 08 munições calibre 38, e 16 munições de 380 milímetros.

Ainda na área da casa do Sítio Trancados foi apreendido dois veículos, sendo um Chevrolet Onix branco de Placa PGB 4102, e uma motocicleta YBR Vermelha, de Placa PEN 3794.  O quarteto foi autuado em flagrante na Delegacia da Vitória de Santo Antão e encaminhado ao sistema prisional.  (Com informações de, o câmera e Voz de Vitória).
armas
Obs: Em seu depoimento prestado à polícia paraibana de como aconteceu a chacina que eliminou o ex-prefeito Aguinaldo Pereira da Silva e mais quatro pessoas, na RN 117, entre Mossoró e Governador Dix-Sept Rosado, nas proximidades do sítio São João da Várzea, o assaltante Francisco Sales Fernandes, o “Negão da Serra”, assumiu ter participado de forma direta na execução das cinco pessoas. (Fotos: Divulgação PM/PE).