domingo , 17 de dezembro de 2017
Home / Cotidiano / Clauder Arcanjo e Angela Rodrigues Gurgel assumem presidência do Icop nesta sexta-feira
Clauder Arcanjo e Angela Rodrigues Gurgel assumem presidência do Icop nesta sexta-feira
A cerimônia acontece às 19h no Auditório da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Subsessão Mossoró.

Clauder Arcanjo e Angela Rodrigues Gurgel assumem presidência do Icop nesta sexta-feira

Por Ana Paula Cardoso

O Instituto Cultural do Oeste Potiguar (Icop) realiza na noite desta sexta-feira, 24, sessão de posse da nova diretoria, eleita para o biênio 2017/2019. O escritor Clauder Arcanjo irá assumir a presidência do órgão que, pela primeira vez, terá uma mulher na vice-presidência, a escritora Ângela Rodrigues Gurgel.

“Para mim é uma honra ser a primeira mulher a assumir um cargo na vice-presidência do Icop, que é a instituição cultural mais antiga de Mossoró. Infelizmente, a Cultura e a Arte, apesar de libertárias, ainda tem essa característica de dominação masculina. Mas, esse aspecto está mudando e temos mulheres participando de todos os espaços, e não poderia ser diferente no Icop”, afirma Ângela Rodrigues Gurgel.

A cerimônia de posse acontece às 19h no Auditório da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Subsessão Mossoró. No evento, também será lançada a 18° edição da Revista Oeste, além do livro “Stigma, saga por um novo mundo”, da escritora Valdivia Beauchamp.

Clauder Arcanjo conta que esta edição da Revista Oeste irá celebrar o aniversário de 60 anos do Icop e os 90 anos da resistência de Mossoró ao bando de Lampião. O escritor lista projetos para o biênio que estará na presidência do Instituto.

“Iremos voltar com os ciclos de estudo do Icop. Iremos batalhar para que a Revista Oeste volte a ser semestral. Também passaremos a fazer as posses de novos membros nos seus municípios de origem. O Icop abrange muitos municípios, se estendendo até além da região Oeste, por isso queremos fortalecer a presença nos municípios”, explica.

Outro objetivo apontado por Clauder é lançar o Concurso Cultural do Icop, para reconhecer o talento potiguar em diferentes expressões artísticas.