sexta-feira , 24 de novembro de 2017
Home / Destaques / CINQUENTENÁRIO – Professor lança livro com trajetória da loja maçônica João da Escóssia
Wilson Bezerra de Moura trabalhou por cerca de um ano na finalização do livro
Wilson Bezerra de Moura trabalhou por cerca de um ano na finalização do livro

CINQUENTENÁRIO – Professor lança livro com trajetória da loja maçônica João da Escóssia

Como parte das comemorações do cinquentenário da Loja Maçônica João da Escóssia, o professor Wilson Bezerra de Moura lançou um livro com registros e documentos dos principais momentos históricos verificados ao longo de cinco décadas.

O livro “Cinquentenário da Loja Maçônica João da Escóssia”, que começou a ser finalizado há cerca de um ano, conta com documentos e registros presenciados pelo autor, que esta na entidade desde sua fundação.

“Tínhamos documentos escritos, atas, documentos primitivos que serviram de base para a fundação da loja, e boa parte do livro contou com momentos extraídos da nossa memória”, destaca Wilson Bezerra.

Fundada em 15 de maio de 1967, a loja foi a segunda instalada em Mossoró, a partir da dissidência de integrantes da Loja 24 de Junho. A nova unidade teve início numa farmácia pertencente a Eduardo Dias de Medeiros que funcionava na Praça do Pax e posteriormente foi acomodada no templo da Loja 24 de Junho.

“A loja foi fundada a partir da iniciativa de um grupo. A maçonaria vem aceitando a mudança dos tempos. Nova mentalidade, nova visão, novos comportamentos. Partiu da dissidência de um grupo liderado Lauro da Escóssia e Nelson Lucas Pires”, destaca o professor.

A construção do tempo próprio se deu na gestão de Wilson Bezerra de Moura no fim da década de 1970. “Dei início a construção da sede no período de 1979 a 1981. Foi um desafio difícil, mas conseguimos com a ajuda do quadro da loja”, destaca o escritor.

Segundo Wilson Bezerra no decorrer das últimas décadas a sociedade passou por mudanças significativas que foram assimiladas pela loja maçônica a partir de uma natural necessidade de adaptação.

“Neste período tudo mudou muito. A transformação da sociedade determinou por força das circunstâncias que a maçonaria também se modificasse. Tivemos que nos adaptar”, destaca.

Para o autor, a loja João da Escóssia deu uma importante contribuição no processo social e politico do município ao longo das últimas cinco décadas, influência mantida até os dias atuais.

“A loja esteve presente em importantes momentos da ordem social mossoroense. Atualmente conta com 66 membros ativos que continuam atuando de forma a contribuir com nossa cidade”, conclui Wilson Bezerra. Atualmente Mossoró conta com mais de dez lojas maçônicas ativas.

VOZES – No decorrer dos 50 anos da Loja João da Escóssia um projeto em especial conta com participação ativa de Wilson Bezerra de Moura há mais de 40 anos. Fundado em 1977 o informativo Vozes do Templo é editado em Mossoró e circula em todo o País com informações do segmento maçônico.

Criado por José Stalin Reginaldo, José de Oliveira Miranda, e por Wilson Bezerra de Moura, o informativo tem circulação trimestral e foi recentemente homenageado como o informativo maçônico mais antigo da América Latina.