quinta-feira , 27 de julho de 2017
Home / Opinião / Toque Esportivo (page 3)

Toque Esportivo

Com Sérgio Oliveira
[email protected]

Toque Esportivo – Os irritados e intocáveis.

Assim como a seleção principal do futebol brasileiro, os jogadores da seleção olímpica também andam carrancudos. Eles erram e, a culpa é do restante do mundo. Nos dois primeiros jogos não mostraram nada, em termos táticos e nem mesmo no individual e, ainda ficam raivosos, virando as costas para a imprensa e o torcedor. Sim, a partir do momento em que eles se negam a uma entrevista, por mais rápida que seja, abrindo mão do direito de se explicar e se justificar, eles estão dizendo que não dão a mínima para o sentimento de tristeza e decepção do torcedor que apoiou o time nos dois primeiros jogos e depois, de forma justa criticou, por pura falta de um bom futebol. A jovem turminha já anda irritada e se achando intocável, seguindo o péssimo exemplo daqueles que hoje defendem a fracassada seleção principal de futebol do Brasil. Pior, o motivo é o mesmo, não estão jogando nada, por isso as vaias nos dois primeiros compromissos.

E ELES CONTINUAM ERRANDO

Não pensem que o Toque Esportivo é um poço de depressão, nada disso, mas, infelizmente, nossos representantes não estão correspondendo. Além do fracasso inicial da seleção brasileira nos Jogos Olímpicos, temos também a dura caminhada dos clubes do Rio Grande do Norte no Campeonato Brasileiro, no qual, eles continuam errando.

Nos erros do América-RN, como contam os coleguinhas na mídia esportiva natalense, o Fortaleza impôs ao alvirrubro potiguar mais uma derrota na Série C do brasileirão, 2 a 1. Jogando em casa, mais uma vez, o ABC que já vinha de derrota, perdeu pontos ao empatar, 1 a 1, com o Botafogo-PB. O tempo passa, eles continuam errando e, fica cada vez mais próxima à possibilidade dos dois, sequer, passar da primeira fase.

VITÓRIA

No trabalho de base que segue no Potiguar, o time comandado pelo treinador Edinho Cardoso colheu mais um resultado positivo jogando pelo Campeonato Estadual Sub-19. Venceu o Coríntians de Caicó. Lembrando que a competição dará ao seu vencedor uma vaga para disputar a Copa São Paulo de Juniores, excelente vitrine para revelar novos talentos para o futebol brasileiro e, principalmente, mundial.

VENDIDO

Por falar em jogador revelação que vai logo embora, parece que os milhões que envolveram a venda do atacante Gabriel, do Palmeiras, influenciou no seu rendimento na seleção Olímpica. O rapaz não consegue repetir as boas atuações do Campeonato Brasileiro que o levaram a seleção e, pior ainda, muito menos os gols. Não sei, mas fica a impressão que ele teme se contundir, pois seu pensamento já estaria fora do Brasil.

LIDERANÇA

A liderança do Campeonato Brasileiro da Série A pode mudar mais uma vez e, em plena segunda-feira. Tem rodada com a presença do Corinthians que pode retomar a posição que começou a rodada com o Flamengo e depois passou para o Palmeiras. O próprio G4 tem sua situação indefinida, com possibilidades de mudanças até o sexto colocado. Disputa dura na Série A 2016.

APOIO

O presidente José Vanildo, da Federação Norte-rio-grandense de Futebol, estaria irritado com a falta de apoio do Estado para que a entidade possa manter, em boas condições, o Estádio Juvenal Lamartine. Indiferente as queixas do presidente, o governo estadual quer a posse do imóvel.

SALVAÇÃO

A salvação do Brasil tem sido, como esperança de medalha de ouro, o voleibol em todas as suas modalidades, quadra e praia. Juntamos a elas, com reservas, a seleção de futebol feminino e a equipe de handebol. No mais, tudo é surpresa. Até o judô tem quebrado as previsões positivas.

A imprensa de São Paulo e Rio criticam Neymar e perguntar: se não quer jogar, thau.

HORA faz tempo que isso acontece em termos de seleção.

QUANDO aceita a convocação, o jogador parece viver apenas uma boa folga do Barcelona.

AGORA, insistem na ideia de transformá-lo em melhor do mundo.

Toque Esportivo – Fracasso anunciado.

Adianto que continuo na torcida pelo sucesso do futebol brasileiro, masculino e feminino, nos Jogos Olímpicos, Rio 2016. Ainda nos falta o ouro olímpico e, jogando em casa a oportunidade se torna excelente, mas, o fracasso na partida de estreia da equipe masculina contra a modesta seleção da África do Sul, já era algo anunciado. Quem leu nosso material a partir da convocação e até nas declarações do seu treinador e o comportamento da mídia, lembra que abordei essa possibilidade. O motivo, o mesmo da seleção principal, ou seja, pouco treino e, a insistência de continuar dependendo de Neymar como se fosse ele, e não é, o único, o salvador da pátria de chuteiras. Vejam o bom exemplo da seleção feminina e, não estou falando apenas na vitória da estreia, mas a forma conjunta como elas atuam e se respeitam. Neymar maltratou a bola, e pelo amor de Deus não me falem em pressão da estreia, foi o individualista de sempre, quando joga pela seleção, e prejudicou o coletivo. Nem toda jogada se resolve com um drible, é preciso optar pelo companheiro melhor posicionado, como fez a jogadora Marta em um dos gols na vitória contra a China. Tempo para corrigir tem, basta querer.

QUE O LEGADO, ENFIM, APAREÇA

Desde o período da Copa do Mundo em 2014, no Brasil, que ouço falar em um tal de legado. Agora mudou o primeiro nome, quem sabe, assim ele aparece e mostra sua cara. O antes “Legado da Copa” agora passou a se chamar “Legado das Olimpíadas”. Espero que tudo não se transforme em uma “OlimPIADA”.

Da Copa o “legado” ao inverso foi o dinheiro público gasto de forma descontrolada em locais onde se precisaria alguns reparos. E até na construção de estádios particulares, sem maiores explicações. Legado negativo de um viaduto que desabou e outro que praticamente é inutilizado. Entre outros e muitos casos nada agradáveis. Agora, como mudou de nome, quem sabe, finalmente o tal legado mostra sua cara e se apresenta ao povo brasileiro.

DISPUTA

Abandonado e sucateado, porém bem localizado em Natal, o Estádio Juvenal Lamartine é alvo de disputa entre a Federação Norte-rio-grandense de Futebol, que deixou se acabar, e o Governo do Rio Grande do Norte, que quer sua posse. No meio, perde o futebol que fica sem um dos seus mais tradicionais espaços. Por enquanto, vantagem para o Estado que tem uma decisão da Justiça mandando a Federação desocupa e devolver o imóvel.

DURÍSSIMOS

Jogos duríssimos aguardam os dois representantes do Rio Grande do Norte, ABC e América, na rodada do domingo do Campeonato Brasileiro da Série C. Se o alvivenro, em casa, recebe o segundo colocado do seu grupo, pior será para o alvirrubro que viaja até o Ceará para enfrentar o líder Fortaleza. Vejo, pelo que vem acontecendo, os adversários como favoritos, embora torça pela reação dos potiguares.

REAGINDO

Pois não é que o time do Flamengo parece querer reagir no Campeonato Brasileiro. Engrossou o caldo contra o bom time do Santos e, até merecia ter saído de campo com a vitória. Elenco sendo reforçado e, o ilustre desconhecido treinador Zé Ricardo, acertando a postura tática.

ZAGALLO

Apesar da saúde debilitada o ex-treinador Zagallo apareceu, de cadeiras de rodas, para conduzir a Tocha Olímpica no Rio de Janeiro. Esse é um guerreiro. Ao seu lado, o amigo de longos anos e de seleção brasileira, Carlos Alberto Parreira. Cena de quem realmente vive o futebol.

IGUAIS

Escrevi aqui na coluna anterior que a liderança da Série A do brasileiro estavam aberta, sem um ocupante fixo, tudo embolado. Pois é, ficou mais embolado após os jogos do meio de semana. Santos, Palmeiras e Corinthians aparecem iguais, empatados com 33 pontos e, fungando no cangote do trio, vem o Grêmio com 32. E somando também 32 o Atlético-MG aparece na quinta posição. E haja emoção.

TEM um novo jogo acontecendo na cidade. Quem vencerá?

FINAL de semana com diferentes opções de disputa nos Jogos Olímpicos.

ESPERANÇA de medalha para o Brasil, novamente o vôlei.

AGORA é torcer para que os jogos aconteçam em clima de paz.

 

Toque Esportivo – Série D, acabou para o RN.

Infelizmente nossos representantes, Potiguar e Globo, não conseguiram avançar muito no Campeonato Brasileiro da Série D. O time de Ceará-Mirim até fez campanha melhor, conseguindo chegar na fase dois, mas não conseguiu ir adiante e se juntou ao representante mossoroense que já havia sido eliminado na fase inicial. Diferente do Campeonato Estadual, quando se investe tudo que pode, nosso dirigentes não demonstram o mesmo interesse, e coloco o torcedor no mesmo patamar, quando conseguem chegar ao certame nacional. De minha parte nada contra os estaduais, pelo contrário, sou defensor de sua permanência, porém, disputar um Campeonato Brasileiro é uma outra história, mais responsabilidade e, trabalhando certo, mais prestígio e visibilidade. Como Potiguar e Globo já estão classificados para as disputas de 2017, não seria exagero sugerir que o assunto já fosse pauta de providências ainda em 2016. Pensem nisso.

INCORRENDO NO MESMO ERRO

Para início de conversa, mais uma vez vamos lembrar o óbvio: futebol é um esporte coletivo. Infelizmente coleguinhas da mídia nacional, assim como já fazem com a seleção principal, insistem e incorrem no mesmo erro de citar Neymar como único jogador com qualidade suficiente para levar a seleção nas costas.

Uma coisa é jogar na dependência de, outra bem diferente, e nesse caso Neymar se torna importante, é jogar em função de. Portugal fez isso, ou seja, se livrou a dependência de Cristiano Ronaldo, e foi campeão europeu. Venceu e convenceu, jogando coletivamente. Pelas manchetes do noticiário nacional, parece que a seleção do Brasil vai entrar em campo com apenas um jogador. Isso não é bom, não ajuda e nem mesmo motiva o coletivo.

RUIM

Muito ruim a campanha do América-RN no Campeonato Brasileiro da Série C, pois não consegue emplacar bons resultados. Parece uma campanha para tentar se manter na terceira divisão, pois na pisada atual, corre o risco de ficar, mais uma vez, na primeira fase. A situação só não é pior, graças aos times que estão mais abaixo na tabele e não reagem.

FRACASSOU

O ABC fracassou em sua missão de tentar assumir a liderança do Grupo A do Campeonato Brasileiro da Série C. O time alvinegro foi ao interior de Pernambuco enfrentar o Salgueiro e, jogando mal, perdeu por 1 a 0. Mas, ao invés de lamentar e procurar corrigir o péssimo futebol apresentado, preferiu reclamar da arbitragem se considerando prejudicado na partida. Os potiguares alegam que o árbitro errou ao anular um gol de Jones Carioca marcando situação de impedimento do atacante. Agora terá que tentar se manter no G-4 encarando um dos líderes do grupo, o Botafogo da Paraíba, domingo, no Frasqueirão em Natal.

EMBOLADO

Classificação acirrada entre os cinco primeiros colocados no Campeonato Brasileiro da Série A. O Corinthians, líder, com 33 pontos, tem atrás o Flamengo que é o quinto colocado somando 30 pontos, ou seja, uma derrota e uma vitória embola tudo. O Santos é o segundo com 32, mesma pontuação do Palmeira que agora é terceiro e, com 31 pontos aparece o Grêmio na quarta posição. Situação completamente indefinida nesta reta final de primeiro turno.

DIFÍCIL

Situação difícil para o time do Cruzeiro que, já trocou de treinador, mas o futebol ruim persiste. Com resultado de tudo isso, a Raposa Mineira segue afundando na zona do rebaixamento. Claro, ainda existe uma longa estrada pela frente, porém o campeonato da Série A já vai virar de turno e a pressão só aumenta. E, com pressão, é mais difícil reagir.

FÔLEGO

Será que acabou o fôlego do Palmeiras? Nas últimas rodadas o time vem caindo de rendimento e, a prova disso, perdeu a liderança e até a segunda posição. Mesmo assim o momento é positivo para o futebol paulista com três dos quatros times na zona de classificação para a Libertadores.

NA Vila Olímpica já surgem as primeiras denúncias de abuso sexual.

TÓQUIO já começou a sua preparação para sediar as próximas Olimpíadas.

NO Rio de Janeiro a Tocha Olímpica divide espaço nas ruas com protestas conta Dilma e Temer.

É dada como certa a saída do treinador Edgardo Bauza do São Paulo. Deve assumir a seleção da Argentina.

Toque Esportivo – Sem animosidade.

O interesse aqui é puramente esportivo. Não queremos e não desejamos prejudicar algo ou alguém, ou seja, estamos escrevendo sem animosidade. Mas, como perguntar não paga Imposto de Renda, eu questiono: Qual o legado deixado pela demorada preparação e, meteórica passagem da Tocha Olímpica por Mossoró? E eu não estou me referindo a importância do símbolo, esse não tem preço, falo aqui no sentido em querer saber, de que forma isso serviu para mudar a postura dos nossos administradores públicos e até da iniciativa privada, no que se refere as políticas voltadas para o esporte. Na somatória dos atos, é isso que nos interessa e, sem medo de errar, vive no anseio daqueles que praticam ou, de alguma forma, se envolvem com alguma modalidade esportiva no “país” de Mossoró. Então, pensando exclusivamente na potencialização esportiva e, sem animosidade, alguém saberia me responder qual o legado deixado pela demorada preparação e, meteórica passagem da Tocha Olímpica entre nós? Também não vale argumentar que colocou Mossoró, mais uma vez, no mapa nacional, pois o que queremos é algo mais prático, presente e perene, ou seja, apoio ao esporte. E tenho dito.

 

O PULSO AINDA PULSA

No primeiro jogo da fase eliminatória do Campeonato Brasileiro da Série D, o representante do Rio Grande do Norte, time do Globo de Ceará-Mirim, acabou perdendo para o Campinense, em jogo disputado na Paraíba, 2 a 1. Mas, apesar do resultado adverso, é bom dizer que, o pulso ainda pulsa. A Águia ainda terá o segundo jogo para buscar a reabilitação e a sua classificação, porém, sendo obrigado a vencer, por exemplo, por 1 a 0, para ficar com a vaga. O pulso ainda pulsa.

A próxima partida será em território potiguar, no estádio Barretão, na cidade de Ceará-Mirim, no entanto, não será uma missão fácil. O time do Campinense vive um bom momento na temporada e mesmo jogando fora de casa é um adversário a ser respeitado e encarado com extrema atenção. A própria competição obriga, afinal, a partir de agora, somente um segue em frente enquanto o outro se despede. Torçamos então para que o futebol do RN siga em frente. O pulso ainda pulsa.

FESTA

Antes o ambiente era de pura tensão, mas, pelo noticiário e o que foi visto no estádio, tudo indica que tivemos um clássico de festa e bom futebol no Frasqueirão entre ABC e América-RN. Felizmente, até onde sei, não tivemos nenhum incidente grave, o que é muito bom. Em campo os dois times fizeram um jogo limpo, vencido pelo ABC, 1 a 0, que apresentou melhor futebol. Na arquibancada, até onde sei, vencido e vencedores entenderam o esquema do jogo da paz e vestiram a camisa de torcedores.

CLASSIFICADO

Depois de vencer o América-RN, o time do Potiguar segue para a próxima fase do Campeonato Estadual Sub-19. Trabalho importante com o treinador Edinho Cardoso no comando que merece todo apoio possível. De forma equivocada alguns olham apenas o time profissional, muitas vezes, montado às pressas para uma competição que, ao final, não deixa praticamente nada para o clube. Investir na garotada é construir a base futura do time principal.

FESTA

A torcida do Flamengo fez uma tremenda festa para recepcionar o jogador Diego, evidentemente, ainda visualizando aquele jogador revelado pelo Santos. Calma, o tempo passou e, nem sempre a experiência adquirida é o suficiente para manter a qualidade. Resta saber, entre outros pontos, qual a motivação de Diego em seu retorno ao Brasil após 12 anos de ausência. Lembrem-se do fracasso batizado de Ronaldinho Gaúcho. Muita calma nessa hora.

INGRESSOS

Uma telespectadora atenta me chamou atenção para tanta propaganda nos últimos dias falando da venda de um lote de 100 mil ingressos para os Jogos Olímpicos no Rio de Janeiro. Questionava ela: Será que anda boiando (sobrando) ingressos? Isso me remeteu ao período da Copa quando algumas cargas tiveram que ser compradas e distribuídas para não boiar. Resta saber se o problema são os valores, a violência do Rio de Janeiro ou falta de interesse mesmo pelo evento. Uma coisa é certa, a propaganda tem sido intensa, coisa de fim de feira. “Quem quer, quem quer. Vamos aproveitar, pois estamos fechando para balanço!!!”.

JEM´S

O semestre seria ainda no primeiro, mas o tempo passou, chegou a ser suspenso e, graças as pressões, foram remarcados. Estou falando dos Jogos Escolares de Mossoró, os Jem`s. Na remarcação, ficou definido para o mês de agosto, então, fiquemos atentos queridos alunos e professores, para que não resolvam tomar nova decisão.

VITRINE, por enquanto, é para isso que tem servido a seleção Olímpica de futebol.

OS jogos ainda não começaram, mas seus jogadores se transformaram em objeto de leilão.

O resto da história todos conhecem. Um bom contrato e, thau querida, para a seleção.

NÃO é só a falta de dinheiro no futebol do Brasil. Falta orgulho ao jogador em representa seu país.

Toque Esportivo – Ações preventivas.

O que deveria ser uma semana com noticiário sobre treinos e esquemas dos dois times para o clássico do sábado, o noticiário também é tomado por informações no sentido de evitar maiores complicações entre torcedores para o jogo envolvendo ABC e América-RN pelo Campeonato Brasileiro da Série C, no Frasqueirão. Além do aparato policial sempre necessário nesses dias, tem agora a preocupação do próprio Juizado do Torcedor. O que deveria ser obrigação natural dos cartolas e dos próprios torcedores, é preciso ter uma recomendação legal para que não se compre, ou venda, ingressos além das cotas disponibilizadas, por exemplo, os 10% para o time visitante, no caso, o América. Se existir excedente, claro, vai ter torcedor americano obrigado a assistir ao jogo entre abecedistas, o que é bastante perigoso, mesmo não estando com a camisa do clube. Fiquemos então na torcida para que todos se comportem apenas, parece redundância, como torcedores. Fazendo a festa e apoiando seu clube, nada de violência, é o desejo de sempre e, nem sempre realizado ou atendido.

AGORA É COM AS MÃOS

Eliminado do Campeonato Brasileiro de futebol da Série D, agora é a vez do Potiguar usar as mãos. O time alvirrubro já sabe em quais datas e, quais serão seus adversários na Liga Nacional de Handebol, na condição de clube representante do Rio Grande do Norte. Tudo começa com a etapa regional, com times nordestinos, até avançar de fase.

Bom, eis a questão, avançar de fase. Com os pés o time não conseguiu sequer passar da primeira fase do brasileiro da Série D, vamos esperar que, usando as mãos, avance e tenha uma campanha mais feliz nas quadras, já que não deu no campo. É um projeto novo e daqui, desejamos sucesso ao Potiguar e seus parceiros HNU, Ufersa e Mater Christi.

CLASSIFICADO

Não deu para o Potiguar, mas o Rio Grande do Norte continua com seu representante no Campeonato Brasileiro da Série D na próxima fase. O Globo, da cidade de Ceará-Mirim, que realiza um trabalho mais ousado, conseguiu a classificação. Na fase do chamado “mata mata”, vai enfrentar o Campinense da Paraíba, um velho conhecido no caminhos dos clubes do Rio Grande do Norte. A Águia quer levantar voos mais altos.

DESAFIO

No cenário nacional um grande desafio no caminho do Vasco da Gama que pretende avançar de fase na Copa do Brasil, o chamado caminho mais curto que leva a Copa Libertadores. Na rodada desta quarta-feira vai encarar, já no segundo jogo, o time do Santa Cruz no Arruda, em Recife. Um fica pelo caminho e o outro segue na competição. O Santa, que não faz um bom campeonato em seu retorno a divisão de elite no Campeonato Brasileiro, quer vida diferente na Copa BR.

ACERTADO

Depois de jogar 12 anos fora do Brasil, quando deixou o país revelado pelo Santos, o jogador Diego retorna e acertou com o Flamengo. De acordo com anúncio feito pela diretoria do rubro-negro carioca, Diego acertou pelas próximas três temporadas. Antes no ano de 2012, o time carioca já havia tentando sem sucesso essa contratação.

APOSENTADORIA

Campeã mundial no dia 10 de julho pela seleção brasileira de voleibol feminino, a libero Camila Brait, não digeriu bem o segundo corte para disputar uma Olimpíada. Um dia depois de ser novamente cortada as véspera dos jogos, ele resolveu chutar o balde e, de seleção brasileira não quer saber mais. Anunciou que continua jogando por seu clube, mas em relação a seleção, se aposentou. Tem razão, pois serve para as outras competições e é preterida, pela segunda vez, dos Jogos Olímpicos. É para se chatear mesmo.

TREINANDO

A turma da seleção olímpica de futebol do Brasil já se reuniu e até treinou. Assim como acontece com a equipe principal, o destaque continua sendo Neymar. Destaque é o que não falta, o que falta mesmo é o seu futebol aparecer, na plenitude de sua capacidade, quando o assunto é seleção brasileira, seja qual for a categoria. Tem que fazer como fez a seleção de Portugal, ou seja, até jogar em função de Cristiano Ronaldo, porém, não mais na sua dependência.

COMBALIDO e agora fantasma estádio Nogueirão. Sem reforma, permuta e sem futebol.

JÁ o Ginásio Pedro Ciarlini, passou o festival de quadrilhas, nada de esporte.

PARA o abandono não ser completo, segue a pressão pelos Jogos Escolares de Mossoró.

SERIA bom assistir, pelo esporte no geral, o mesmo interesse demonstrado pela Tocha Olímpica.

 

Toque Esportivo – Amigo Justino Neto.

Tive o privilégio de ser ouvinte de suas reportagens e, uma honra imensurável de tê-lo como colega de redação. Hoje, lamento a morte do amigo Justino Neto, domingo, 10, em Natal e sepultado na segunda-feira, 11, também na capital potiguar. Entre final dos anos 70 e início dos anos 80, acompanhava seu trabalho, e já admirava, na Rádio Cabugi de Natal e, mais adiante, pude viver a experiência positiva de trabalhar ao seu lado na redação do jornal O Mossoroense, aproveitando para dizer, pessoalmente, o quanto admirava seu trabalho na mídia potiguar, principalmente no rádio. Pelo bom caráter e espírito de companheirismo que mostrou em vida, certamente merecerá um bom lugar na casa do nosso senhor Jesus Cristo. Que Justino possa descansar em paz e que Deus ampare seus familiares nesse momento de despedida.

A VAGA SEM EM ABERTO

Mais uma vez, não deu. O Potiguar, a exemplo do Campeonato Estadual, teve a chance, em dois jogos, de definir sua classificação jogando em Mossoró, e também não aproveitou, agora no Campeonato Brasileiro da Série D. Mas, a vaga segue em aberto e tudo será definido na última rodada da fase de grupos.

O Potiguar segue liderando seu grupo, porém precisa pontuar fora de casa. No domingo, vai a Sergipe, onde enfrenta o Itabaiana. Se vencer, se classifica como primeiro colocado do Grupo A8, se empatar, correrá atrás da vaga como um dos melhores segundos colocados. Se perder, arruma as malas e passa a pensar na próxima temporada.

TROPEÇÃO

Quem diria, o Globo de Ceará-Mirim que estava invicto no Campeonato Brasileiro da Série D, perdeu essa condição justamente para o último colocado do seu grupo. Pior, o Galícia, que venceu por 1 a 0, até então não havia somado sequer um ponto na competição. Para complicar mais ainda, o Sousa-PB venceu e encostou no líder Globo. Diferença apenas de um ponto, e ainda tem o América-PE nas proximidades. Um tropeção da Águia do RN.

FRAUDE

Depois da prisão do “treinador” Marcos Ferrari, acusado de aliciar jogadores para manipular resultados, abriu-se uma discussão nacional no sentido de tornar mais dura a fiscalização e prevenção nesse tipo de caso. Fala-se que a legislação até atende as necessidades de punição, mas, entendem os envolvidos na discussão, ser necessário melhor posicionar dirigentes e profissionais do direito na hora de cuidar do crime.

FINALMENTE

Ufa, depois de cinco jogos sem vencer, finalmente o América-RN consegue somar três pontos no Campeonato Brasileiro da Série C. Venceu, fora de casa, o Confiança por 2 a 0, e deu uma aliviada na ameaça de permanecer próximo aos últimos colocados na corrida para avançar da fase de grupos. Agora, quem sabe, novo ânimo tome conta do grupo com mais tranquilidade para o treinador Francisco Diá trabalhar.

SURPREENDENTE

É por isso que o futebol apaixona e, o Campeonato Brasileiro é o mais difícil do mundo. Depois de ser goleado pelo Corinthians, o Flamengo se reabilita e mete 2 a 0 no favorito Atlético Mineiro. E mais, com o clube carioca, desfalcado, o que aumenta o grau de dificuldades, já que não tem mostrado muita coisa quando joga completo. Resultado, eu digo, surpreendente.

REAÇÃO

Depois de maltratar a bola nos 45 minutos iniciais e sofrer dois gols, o time do Potiguar reagiu, melhorou seu futebol e empatar, 2 a 2, com o Uniclinic-CE. Aliás, pela intensidade do Time Macho na etapa complementar, os cearenses se viram obrigados a ser manter em seu próprio campo, o que facilitou a vida do alvirrubro.

NO Potiguar, só Thiago. São 05 gols de Thiago Barreiros e 03 gols de Tiago Souza.

DESFALQUE na seleção brasileiro. Contundido, Douglas Costa não joga Olimpíadas.

MAIS uma derrota de Anderson Silva no UFC. Perdeu o foco.

ESPERANÇA de medalha, o voleibol feminino do Brasil segue colecionando títulos pelo mundo.

Toque Esportivo – 2014: O Massacre.

Os anos passam, porém pelos números exagerados do placar, a lembrança não sai da memória daqueles que testemunharam o massacre sofrido em plena pátria de chuteiras. A sexta-feira, 08 de julho, nos remete ao registro de dois anos da goleada aplicada pela Alemanha, 7 a 1, no Brasil e, pior, justamente quando este voltava a sediar uma Copa do Mundo. Depois disso, o futebol que mais mundiais conquistou, perdeu o rumo e o prestígio, somando com as ações negativas dos seus cartolas. E, nem mesmo a vergonha vivida em seu próprio território, foi suficiente para implementar mudanças, sendo preciso mais um fracasso, desta vez na Copa América, para que pequenas ações fossem vistas, porém ainda não com tempo suficiente para se saber o quanto dará ou não certo. No momento, o que nos resta, é a lembrança do massacre de 2014 no Mineirão.

O JOGO DA CLASSIFICAÇÃO

Já foi dito na outra coluna que o Potiguar deu o primeiro passo rumo à sua classificação no Campeonato Brasileiro da Série D. Venceu, por duas vezes consecutivas, o Serra Talhada e agora, no Nogueirão em Mossoró, domingo 17h, encara o Uniclinic-CE, no jogo da classificação.

Se vencer o Time Macho avança de fase, mas não será um jogo fácil. O representante cearense também briga pela vaga e a liderança do grupo, o que torno o confronto mais difícil e, justamente por isso, é preciso o torcedor entender e comparecer. Neste domingo, dia 10, no Nogueirão, o alvirrubro disputa o jogo da classificação.

MANIPULAÇÃO

Pois, nem mesmo o sofrido futebol do Rio Grande do Norte se livrou da ação dos bandidos corruptos. Disfarçado de treinador, o bandido procurado pela polícia, Marcos Ferrari, comandou o Palmeira de Goianinha-RN, porém sua tática não era de futebol. Ele na verdade aliciava jogadores para manipular resultados, atendendo comandos que vinham da China, Indonésia e até da Malásia. O jogo, Globo 5 a 1 no Palmeira, vem sendo investigado. A direção do clube diz que não tinha conhecimento, ou seja, nenhum envolvimento com a ação criminosa.

SUPERAÇÃO

Definindo sua carreira como, superação de momento difíceis, no esporte e na vida pessoal, a mossoroense Claudinha Gadelha escreve seu nome no cenário mundial do MMA. Nesta sexta-feira luta pelo cinturão da categoria peso-palha e, claro, a torcida dos mossoroenses que gostam do esporte e, seus amigos e familiares, é por mais uma conquista.

RESISTINDO

É raro, por isso e preciso apurar o que tem de verdadeiro, mas aparentemente, alguns conseguem resistir as tentações dos dólares e euros. Assim fez Gabriel, que rejeitou salário dobrado no Chelsea, da Inglaterra, para permanecer no Santos. Como disse, o caso é raro, já que na maioria das vezes o sujeito até cai de produção em seu clube de origem temendo contusão quando é cogitado para deixar o Brasil.

MUDOU

Depois de ser anunciado como provável reforço do Vasco na segunda divisão, o atacante Leandro Damião segue para o Rio de Janeiro, mas o endereço é outro. Foi confirmado como reforço do Flamengo para o Campeonato Brasileiro da Série A. Primeiro passará por exames médicos, depois, a festa da apresentação.

PROIBIÇÃO

Mais uma vez a bebida alcóolica entra na relação de proibição de um evento esportivo. Agora é para os locais onde estejam acontecendo competições dos Jogos Olímpicos. Como se comportamento inadequado fosse coisa de quem bebe. Costumo comparecer a eventos esportivos e, os piores palavrões escuto de pessoas que só tomam água ou refrigerante. Sem falar em outros consumos, já proibidos em qualquer espaço.

INGRESOS para Potiguar e Uniclinic já estão sendo vendidos. Veja matéria em Esportes.

O treinador Cristovão continua intermediando o retorno de Pato. Corinthians.

GLOBO-RN deve sacramentar classificação contra Galícia na Série D.

NA segunda-feira, 19h30, se ligue, tem Esporte Legal, TV Câmara, canal 16 na TCM.

 

Toque Esportivo – O primeiro passo.

Tomando como referência a sequência de dois jogos em Mossoró, o Potiguar conseguiu seu primeiro passo na reta final da fase de classificação do Campeonato Brasileiro da Série D, para alcançar seu maior objetivo: a vaga na fase seguinte. Venceu o Serra Talhada, por 2 a 0, e poderia ser melhor. Não vamos esquecer que o saldo de gols pode definir a vida de quem segue ou fica pelo meio do caminho e, golear o time pernambucano teria sido a situação mais adequada, mas não deu. O importante agora é focar as atenções na verdadeira decisão que o time terá na próxima rodada, contra o Uniclinic-CE, time que aparece logo atrás do Time Macho na segunda posição. Esse é um daqueles jogos que costumamos, dentro do futebol, chamar de “partida de seis pontos”, ou seja, na medida em que você vence e avança, impede que seu concorrente pontue. Isso posto, depois da boa vitória do domingo, a próxima rodada reserva fortes emoções para o Potiguar e sua torcida.

O TORCEDOR FICOU DEVENDO

Dentro de campo o time vai fazendo sua parte, do lado de fora, em sua administração a diretoria se esforça ao máximo para manter tudo bem, mas, falta alguma coisa no Potiguar. Nem mesmo o pouco espaço que resta a disposição nas arquibancadas no estádio Nogueirão, tem recebido a presença do torcedor alvirrubro.

O torcedor ficou devendo uma participação melhor no último domingo, e o time pelo que vem fazendo, merece apoio. Já é líder do seu grupo e, nem mesmo assim, consegue empolgar sua torcida. Embora seja uma boa pedida, infelizmente, o Campeonato Estadual segue como o preferido do torcedor mossoroense. O Campeonato Brasileiro oferece uma maior projeção e o time precisa da torcida por perto para seguir avançando. Na vitória de domingo foram apenas 605 pagantes.

FALHOU

Só o time do América-RN falhou na rodada do fim de semana do Campeonato Brasileiro, com as participações dos potiguares. Na Série C, o ABC venceu e ocupa a terceira posição do seu grupo. Na Série D, os dois representantes do RN também pontuaram com vitória e, tanto Potiguar como o Globo, assumiram as lideranças de seus respectivos grupos. Só o América falhou em sua missão dentro de campo, ficando no empate com o Cuiabá.

GOLEADA     

O Flamengo até tem mais torcedores do que o Corinthians, mas, com bola rolando, quem mostrou mais números foi o time paulista. Jogando em seu estádio não tomou conhecimento dos cariocas e sapecou a goleada de 4 a 0, quebrando o entusiasmo pela vitória no meio de semana em cima do Internacional. Série A é assim, só clássico, jogos difíceis, sem tempo para festejar.

CICLISMO

Pouco divulgada, por acaso, encontrei na manhã de domingo em Mossoró, em circuito de rua no centro da cidade, uma prova de ciclismo. Uma pena que seus organizadores não usem o canal mais rápido de chegar ao público, a mídia. Movimento mesmo, só na pista com os atletas e suas bicicletas, no entorno, fraca a presença do público. Deixo aberto o espaço aqui no portal O Mossoroense, como também na TV Câmara e no site azougue.com.

LIDERANDO

Assim como alcançou o Potiguar, o Globo também assumiu a liderança do seu grupo no Campeonato Brasileiro da Série D. A Águia não tomou conhecimento do América jogando em Pernambuco e venceu, 2 a 1, o suficiente para se isolar na primeira posição. Essa é uma vaga quase certa na próxima fase da competição nacional.

VAIAS

O público vaiou, pois torcia pela vitória de Nico Rosberg, mas quem subiu ao ponto mais alto do pódio no GP de Fórmula 1 do final de semana, foi o inglês Lewis Hamilton. Disputa acirrada entre eles, inclusive com direito a um pequeno toque em uma cursa, ou seja, sobrou emoção na pista e, irritação nas arquibancadas. Vida que segue.

DIRETORIA do Corinthians pode desistir do retorno de Pato.

THIAGO Barreiros ou Souza. Seja qual for o sobrenome, é sinônimo de gol no Potiguar.

TREINADOR Diá saiu de campo irritado com erros do América-RN.

LÍDER Palmeiras joga nesta segunda-feira, 04. Vencer ou empatar para se isolar.

 

Toque Esportivo – A faca e o queijo.

Para o Potiguar no Campeonato Brasileiro da Série D, podemos dizer nesse momento que, a faca e o queijo estão sobre a mesa, é só sentar e degustar a classificação. O time vem de expressiva vitória, 3 a 0, contra o seu adversário deste domingo, Serra Talhada-PE, e um novo resultado positivo mantém o time entre os favoritos. E melhor, na rodada seguinte, o alvirrubro jogará novamente no Nogueirão, contra o Uniclinic, em Mossoró, ou seja, dois jogos em sequência dentro de casa. Agora, em passado recente, o Time Macho viveu situação idêntica no certame estadual e não aproveitou a oportunidade, quem sabe agora tenha aprendido com o erro e consiga construir um futuro mais promissor. Diz o hino do clube: “A torcida se inflama, Potiguar, Mossoró, Potiguar”. Então, é o momento das ruidosas charangas entrarem em cena e, bandeiras bailarem no ar com o torcedor gerando energia positiva nas arquibancadas para manter os jogadores acesos em campo neste domingo.

GLOBO ENCARA O AMÉRICA-PE

Hora de reagir. Depois de um começo arrasador, mesmo mantendo a invencibilidade no Campeonato Brasileiro da Série D, o time do Globo-RN tropeçou em sua última partida ao empatar com o América de Pernambuco no estádio Barretão na cidade de Ceará-Mirim, território potiguar. Os dois se enfrentam mais uma vez neste domingo, 03 de julho, desta vez em Paulista, região metropolitana de Recife. Estádio Ademir Cunha, não me peçam o aumentativo, a partir das 15h.

Aliás, falando em América de Pernambuco, este clube tem um momento de sua história que liga ao futebol do Rio Grande do Norte, em particular a cidade de Mossoró. Já vestiu a sua camisa alviverde o mossoroense Dequinha, time pelo qual jogou um amistoso contra o Flamengo e, três meses depois, pelo bom desempenho na partida, foi contratado pelo clube carioca. No Flamengo, Dequinha sagrou-se tricampeão na década de 50.

GOLEIRO          

Entre os convocados da seleção brasileira para os Jogos Olímpicos, gostei do nome do goleiro Fernando Prass do Palmeiras entre aqueles com idade superior aos 23 anos. Além de ser um dos melhores em sua posição no Brasil, certamente passará mais segurança para os jogadores mais jovens em campo. No mais é esperar que desta vez consigamos conquistar o único título que falta ao futebol do Brasil, a medalha de ouro.

VAQUEJADA

Mossoró ganha mais um espaço para a turma do “valeu boi!”. Neste final de semana acontece a inauguração do Parque de Vaquejada Herculano Couto, na comunidade rural do Rincão, ali, pertinho de Passagem de Pedras. O amigo Agostinho é o responsável e, por enquanto, serão bolões com alguns convidados, porém a proposta pro futuro é a realização de dois ou três bolões por ano. Sucesso.

SALÁRIOS

A diretoria do Flamengo parece disposta a não arriscar muito, assim como fez com Muricy e não deu certo. Já propôs aumento de salário para o jovem treinador Zé Ricardo e, pelo caminhar da situação, parece querer efetivá-lo no cargo e esquecer de um técnico “medalhão”. Nada mais justo, afinal, aos poucos o time vai se acertando dentro de campo. Paciência e persistência que os resultados positivos acontecerão.

LIDERANÇA

Quem caminha bem na liderança do Campeonato Brasileiro da Série A é o time do Palmeiras. Tomou gosto pela vitória e, pouco a pouco vai conseguindo botar uma pequena diferença para seus principais concorrentes. Mas, por enquanto, a disputa no G-4, é acirrada entre os cinco primeiros colocados. Mesmo assim, o Verdão vai no trilho certo.

ARBITRAGEM

Apita Potiguar e Serra Talhada o árbitro da Federação Alagoana de Futebol (FAF) José Ricardo Vasconcellos Laranjeira. Ele será auxiliado por Francisco Janilson Fernandes da Silva e Jean Márcio dos Santos, ambos Dos quadros da Federação Norte-rio-grandense de Futebol (FNF). José Ricardo Laranjeira apitou a tumultuada partida de volta da semifinal da Copado Nordeste entre Bahia e Santa Cruz em 17 de abril passado com vitória dos pernambucanos em plena Arena Fonte Nova, por 1 a 0.

FORTALEZA e ASA fazem jogo de líderes no Grupo A da Série C.

MOSSORÓ recebeu a primeira etapa do Parque da Cidade. Espera-se não exista abandono.

O basquete mossoroense estará representado em competição em João Pessoa-PB.

ESPERANÇAS se renovam. Domingo de Felipe Massa na pista em mais um GP de F-1.

Toque Esportivo – Senhora e senhores…

Além dos bons jogos que estão sendo realizados, não podemos deixar de falar em outro grande destaque que acontece na Eurocopa, disputada na França. Dentro de campo verdadeiros shows de competência tática, mostrando a mão do treinador e um comportamento coletivo dos seus jogadores, ou seja, nada de individualismo. Fora de campo o show fica por conta do torcedor e, já começa no momento dos hinos dos países das duas seleções quando o locutor do estádio diz: “Senhora e senhores, por favor, vamos nos levantar”. Todos atendem, ninguém fica sentado e, com respeito acompanham a solenidade. Então, eles, os europeus, fazem alguém impossível de ser feito? Claro que não. É tudo uma questão de educação, respeito, comportamento racional. Senhora e senhores, digo eu, não vamos falar daqueles que passam exemplos negativos berrando agressões, enquanto o hino é tocado, deixemos tudo no bom exemplo a ser seguido.

VITORIA EXPRESSIVA

Não tem o que pensar muito para definir os 3 a 0 aplicados pelo Potiguar no time do Serra Telhada, no interior de Pernambuco, foi sim uma vitória expressiva. Um passo largo em direção a classificação que inclusive pode ficar mais próxima nos próximos dois jogos, estes programados para Mossoró.

Agora, a lembrança é recente, por isso cito, não vamos esquecer que o Potiguar também teve nas mãos e, também jogando em casa, a sua classificação no segundo turno do Campeonato Estadual e, deixou escapar. Que o exemplo tenha ficado e a história não seja repetida. É o que desejamos e alertamos.

GORDO

Uma expulsão por motivo, digamos, estranho. Foi o que aconteceu com o jogador Thiago Barreiras, do Potiguar, domingo em Serra Talhada-PB. Talvez entendendo que o árbitro paraibano Eder Caxias Menezes estavam acompanhando os lances muito distante, o atleta do alvirrubro comentou que ele, o árbitro, estava gordo. Depois de ouvir o comentário Eder aplicou o cartão vermelho expulsando Thiago. Melhor seria fazer um regime.

TREINADOR

Mais uma vez o América-RN muda de treinador e, pelas contas do momento, nos seis primeiros meses do ano de 2016, este será o quarto treinador. Isso sem contar com o interino Carlos Moura. Saiu Sérgio China e volta pela quarta vez o potiguar, Francisco Diá, que ultimamente andava trabalhando no futebol da Paraíba. Nos últimos quatro jogos o América-RN perdeu três e empatou um.

GRUPO

Desta vez funcionou o grupo, o trabalho coletivo. Falo do Potiguar que vinha apresentando problemas na hora de substituir. Mas, olhando a distância, me parece que os jogadores vão absolvendo a formação tática do seu treinador e, independente de quem esteja executando, a coisa funcionou, pelo menos na última rodada do brasileiro da Série D. Vai dando liga.

CARIOCAS

Pois é, foi grande o entusiasmo dos torcedores do Flamengo que, de diferentes pontos do Rio Grande do Norte foram a Natal assistir ao clássico carioca com o Fluminense, mas a volta é que foi tão triste. Deu tricolor, 2 a 1, e a Arena das Dunas que no começo da tarde do domingo era só festa, ficou em silêncio. Em clássico, independentemente da situação dos times, não tem favorito.

VOLTANDO

Depois de dois jogos fora do Rio Grande do Norte, quando venceu o Fortaleza, 1 a 0, e empatou com o Remo, 1 a 1, o elenco do ABC retornou a Natal onde jogara na sequência do Campeonato Brasileiro da Série C. O time ganhou confiança e os jogadores queremos aproveitar os dois próximos jogos no Frasqueirão para entrar no G-4 do seu grupo. Tudo favorece para alcançar esse objetivo.

QUE os bons jogos da Eurocopa acordem a seleção brasileira.

O quadro mostra que não existe mais espaço para individualismo. É coletivo.

CERTAMENTE o estudioso treinador Tite, vai puxar para esse aspecto. Esperamos.

NÃO havendo mudança de atitude dos jogadores, é difícil mudar o quadro atual.