terça-feira , 25 de setembro de 2018
Home / Opinião / Notas da Redação

Notas da Redação

Notas da Redação

ELEIÇÕES

Pesquisas e mais pesquisas informarão o eleitor, nos últimos quatorze dias de campanha. Alguns dos resultados não são coincidentes, mas, quanto mais se aproximar do pleito, esses números irão ficando mais coincidentes. É possível, até mesmo, que se igualem.

INTERESSES

Muitos dos resultados procuram atender aos contratantes do estudo aplicado. As variações podem ocorrer pela maneira como a pergunta é encaminhada ou pelo uso da margem de erro, para mais ou para menos. Nada que possa parecer com alguma fraude grosseira.

FIERN

O sistema FIERN tem patrocinado a realização de pesquisas, sempre divulgadas aos domingos pelo @sistemafiern. Os números estão sendo levantados pelo instituto Certus, um dos mais respeitados do estado, com o título “Retratos da Sociedade Potiguar.”

DIVULGAÇÃO

Os resultados da pesquisa serão publicados no [email protected], com comentários atualizados e comparativos com as pesquisas anteriormente divulgados. Essa matéria estará disponível a partir das 10:00h, quando a FIERN liberar totalmente a pesquisa.

BOLSONARO

O fenômeno Bolsonaro vai ficando cada vez mais patente. O presidenciável continua em primeiro lugar, com tendência de alta, tendo posição garantida na disputa pelo 2º turno. O mesmo acontece com Haddad, que deverá ser o segundo colocado nessa posição.

ESTADO

Sem Título-1

No Rio Grande do Norte ainda não está confirmado se haverá disputa em segundo turno, apesar do crescimento do candidato Carlos Eduardo. Enquanto isso, o governador Robinson Faria não consegue ultrapassar os 10% das intenções de voto.

FOCO

Os candidatos majoritários estarão mais dedicados a mobilizações na Grande Natal e em Mossoró, onde estão concentrados mais de 40% dos eleitores. Outras cidades de maior porte terão prioridade, com os pequenos municípios ficando mais distante do foco da campanha.

MOSSORÓ

Durante a semana, Mossoró recebeu atenção específica dos candidatos ao Senado. Por aqui estiveram Garibaldi Filho e Geraldo Melo. Os dois são bem lembrados na cidade onde já receberam votações expressivas e procuram reconfirmar o apoio desses eleitores.

FREUD

Há 79 anos morria o neurologista Sigmund Freud, pai da psicanálise, judeu, nascido em 6 de maio de 1856 em cidade do Império Austríaco. Sobre a liberdade, escreveu que “a maioria das pessoas não quer realmente a liberdade, pois liberdade envolve responsabilidade, e a maioria das pessoas tem medo de responsabilidade”.

TEMAS

O eleitor pode estar interessado, mas os candidatos a presidente têm evitado abordar propostas como desarmamento, a descriminalização do aborto e a legalização da maconha para uso recreativo. São polêmicos e de difícil argumentação.

 

 

 

 

RESULTADOS

A cada nova pesquisa, mais vai se configurando a definição do eleitor em relação aos eleitos nas eleições deste ano. Fátima Bezerra não deverá ser eleita governadora no primeiro turno e o seu concorrente na disputa final será, sem sombra de dúvida, Carlos Eduardo Alves.

IBOPE

Nos resultados divulgados ontem pelo Ibope, Fátima Bezerra, com 39% das intenções de voto, continua na primeira posição, que deverá ser confirmada em 7 de outubro. Carlos Eduardo teve 25%, aumentando a distância para o terceiro colocado, Robinson Faria, com 13%.

REJEIÇÃO

Nas eleições de 1988, o eleitor que havia consagrado o PMDB na disputa anterior, em 1986, votou maciçamente contra os candidatos do então presidente José Sarney. As eleições foram municipais, mas o partido foi largamente derrotado para as prefeituras e câmaras de vereadores.

TEMER

A maioria dos brasileiros rejeitam o presidente Michel Temer, não somente pela maneira como chegou ao cargo, articulando o afastamento de Dilma Rousseff, mas, também, pelas inúmeras denúncias de improbidade administrativa e corrução, desde os tempos de deputado federal.

SENADO

No RN, os dois senadores que apoiaram o governo federal, Agripino e Garibaldi, vivem a mesma dificuldade dos tempos de Sarney. Agripino desistiu da reeleição e Garibaldi luta para não ser derrotado pela deputada Zenaide Maia, cujo mérito maior é o de ter votado contra Temer.

NÚMEROS

Muitos não conseguem explicar o fato do capitão Styvenson, candidato por um partido (Rede) que teime em não assumir, continue liderando as pesquisas para o Senado. Segundo o Ibope de ontem, com 27% das intenções de voto. Zenaide vem em segundo, com 25% e Garibaldi é o terceiro, com 21%.

ESTACIONÁRIO

Há uma semana, o mesmo Ibope mostrava Styvenson com 23 pontos, Zenaide com 12% e Garibaldi com os mesmos 21%. Além do crescimento de mais de 100% de Zenaide, Geraldo Melo também cresceu de 14% para 20%.  Pelo visto, Garibaldi poderá passar para a quarta classificação.

DEFINIÇÃO

É possível que a tendência para o Capitão Styvenson chegar ao Senado como o primeiro colocado seja confirmado, pela análise de todas as pesquisas até agora realizadas. A disputa entre Zenaide Maia, Garibaldi Filho e Geraldo Melo é que poderá mostrar alterações.

MAIA

No caso de Zenaide Maia ser eleita senadora, o irmão João Maia com reeleição assegurada para a Câmara dos Deputados e Mada Maia, filha de Zenaide ser eleita deputada estadual, esse outro ramo dos Maia exercerá grande força na política potiguar.

TREPIDAÇÃO

Para o ex-presidente Fernando Henrique o atual momento político é difícil sendo necessário saber quem são os candidatos que têm plano de voo. “Sem plano de voo não se chega a lugar nenhum”, disse. “Amarre o cinto, vai trepidar.

TOFFOLI

Poucos dias após assumir a presidência do STF, o ministro Dias Toffoli se prepara para assumir uma outra presidência, a da República, no próximo domingo. Substitui o presidente Temer que viaja a Nova York para abertura da 73ª Assembleia Geral da ONU.

Notas da Redação

DATAFOLHA

Concluída na noite de ontem, o DATFOLHA publicou na madrugada de hoje o resultado de nova pesquisa eleitoral, onde Jair Bolsonaro manteve a liderança da corrida presidencial com 28% das intenções de votos, seguido por Fernando Haddad com 16% e Ciro Gomes com 13%.

REGIÕES

Bolsonaro cresceu no Norte, Sudeste e Sul, onde obteve sua melhor marca (37%), e ganhou pontos entre as mulheres e jovens. Haddad cresceu mais no nordeste e no Sudeste. O Nordeste é a única região, até agora, em que está à frente de Bolsonaro.

TENDÊNCIA

Segundo as últimas pesquisas, vai se configurando a tendência da disputa em segundo turno entre Bolsonaro e Haddad. O candidato Geraldo Alkmin, apesar de ter quase metade do tempo de TV, não consegue passar do patamar de 9% das intenções de votos.

PORCELANATTI

Porcelanatti

A Porcelanatti, unidade de produção da Itagrés, marca a volta das atividades em Mossoró, nesta quinta-feira, 20 com uma solenidade simbólica, a partir das 8h. Na ocasião, será instalado o escritório central e contratado o primeiro funcionário especializado.

HOMENAGEM

A Câmara Municipal de Mossoró realiza, hoje (20), sessão solene em comemoração aos 50 anos da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte. Proposta pelo vereador Francisco Carlos, vários representantes políticos serão homenageados, entre os quais os senadores José Agripino e Garibaldi Alves.

APROXIMAÇÃO

A campanha política deste ano serviu para aproximar a instituição UERN com os candidatos ao governo do Estado. A exceção do governador Robinson Faria, que não aceitou participar do debate, os demais candidatos estiveram com segmentos responsáveis pelo funcionamento da Instituição.

SIMPATIA

A Universidade Estadual nunca foi recebida com simpatia pelos diferentes gestores estaduais que sempre a consideraram uma despesa e não um investimento para o Estado. Um dos fatores que levam a esse comportamento é a sua sede estar em Mossoró e não em Natal.

MEDICINA

Para a criação da faculdade de Medicina, o governo demorou em sancionar o projeto de lei da deputada estadual Sandra Rosado com essa autorização.  Rosalba, prefeita, era adversária de Sandra, mas fez o desafio: “Garibaldi se você não assumir essa faculdade, criarei a Faculdade Municipal de Medicina de Mossoró.

AGRIPINO

Depois de quase trinta anos, o senador José Agripino disputa uma eleição sem o apoio, em Mossoró, do grupo rosalbista. Será um teste para avaliar seu prestigio na cidade em que nasceu. Hoje, no Twitter, diz que se tornou líder nacional e, como parlamentar, fazer o Brasil olhar de maneira especial para o RN.”

EXONERAÇÃO

O Diário Oficial publica, hoje (20), a exoneração do médico Pedro Cavalcanti do cargo de Secretário Estadual de Saúde. Ainda não se conhece o nome do substituto, mas, quase sempre, essas mudanças repercutem na rotina dos serviços de saúde, inclusive o Hospital Tarcísio Maia.

 

Notas da Redação

FAKES

Como previsto no período pré-eleitoral, muitos candidatos e apoiadores estão sendo vítimas de fakes News. Não se pode avaliar ainda o efeito que essas mensagens terão em relação às candidaturas, exceto no caso de viralização, quando um público maior é atingido.

LULA

Analistas políticos consideram que a candidatura de Lula foi a maior fake News da atual campanha. Os próprios correligionários do ex-presidente alimentavam notícias inverídicas sobre sua candidatura. O movimento terminou com a oficialização de Haddad como candidato a presidente.

BOLSONARO

Mostrando a maldade e a irresponsabilidade desse instrumento que vem sendo utilizado nas redes sociais, ontem, circulou insistentemente que Jair Bolsonaro havia falecido. O candidato, por sua vez, encontra-se em plena recuperação das cirurgias a que foi submetido, por conta da agressão à faca sofrida em Juiz de Fora.

ELEIÇÃO

As baterias contra Bolsonaro estão mais diretas desde que as pesquisas eleitorais mostraram a mudança do eleitor brasileiro em relação ao voto no candidato da direita. Antes, eleito no primeiro turno, perdia para todos os candidatos na segunda votação. Agora, esse quadro mudou.

ZENAIDE

Ontem, o juiz Ricardo Tinoco de Góes, do TRERN, determinou a retirada imediata de notícia falsa veiculada pelo Blog do Capote insinuando que a candidata ao Senado, Zenaide Maia, havia “comprado” o apoio do médico Nilson Figueiredo, ex-prefeito de Pau dos Ferros.

PESQUISAS

Quase que diariamente estão sendo realizadas pesquisas no Rio Grande do Norte. Em Mossoró, por exemplo, o voto do eleitor vem sendo monitorado por bairro, possibilitando ao candidato o contato direto onde sua situação eleitoral estiver menos favorável.

SENADO

Ainda sobre pesquisa, o senador Garibaldi Filho deverá dedicar maior tempo à Mossoró, onde o eleitor não está sintonizado com sua candidatura à reeleição, apesar do esforço dos seus apoiadores. Os institutos de pesquisas não mostram situação confortável para o senador.

HADDAD

Em poucos dias de campanha, o candidato a presidente da República, Fernando Haddad, cresceu 11 pontos e se apresenta como segundo colocado. Pelos números do Ibope, a situação parece caminhar para um segundo turno entre Bolsonaro e Haddad.

OPERAÇÃO

A Operação Canastra Real esperava encontrar dinheiro vivo nas residências onde a Justiça autorizou a realização de “busca e apreensão”. Nada disso foi encontrado, mas outras denúncias puderam ser comprovadas e os envolvidos responderão aos devidos processos.

CÂMERAS

Os motoristas ficaram mais tranquilos com a informação da Prefeitura de Mossoró de que as câmeras de videomonitoramento ainda não estão em funcionamento. Haverá tempo suficiente para que sejam identificados os locais onde estão colocadas e dobrar o cuidado para evitar infrações e multas.

DEBATE

A TV Band Natal vai realizar hoje, quarta-feira (19), debate com os candidatos a senador pelo Rio Grande do Norte. A participação de nove candidatos faz com que o debate, a exemplo do que aconteceu quando da entrevista com os governadores, seja uma apresentação monótona e cansativa.

ELEIÇÃO

O grupo do Estadão está colocando à disposição dos brasileiros notícias por aplicativo WhatApp, em três boletins diários produzidos e enviados pela redação. Para participar, basta adicionar aos contatos o número (11) 99123-8227 e enviar uma mensagem para ser incluído no grupo.

 

 

 

Notas da Redação

HADDAD

Após o horário eleitoral é possível observar mudanças no quadro eleitoral, tanto no pleito majoritário quanto na escolha dos candidatos proporcionais. Além disso a definição do nome de Fernando Haddad como candidato do PT passou a ameaçar Ciro Gomes e Geraldo Alkmin.

FÁTIMA

No Rio Grande do Norte, diminuem as chances de a senadora Fátima Bezerra decidir o pleito logo no primeiro turno. A disputa final deverá ser com o ex-prefeito de Natal, Carlos Eduardo, à medida que o governador Robinson Faria vai perdendo pontos nas pesquisas.

SENADO.

O Capitão Stevenson, ao que parece vai garantindo sua eleição para o Senado. Garibaldi Filho, que já foi tido como o senador de férias, passou a disputar a segunda vaga com a deputada Zenaide Maia. Esse é o quadro se as pesquisas estiverem corretas.

CÂMARA

Para a Câmara dos Deputados não são esperadas grandes surpresas. A renovação na bancada poderá ficar limitada a duas substituições. O senador José Agripino e o ex-deputado João Maia são tidos como eleitos, em substituição a Felipe Maia e a Zenaide Maia.

ESTADUAIS

Mossoró deverá eleger, com tranquilidade, dois representantes para a Assembleia Legislativa, Larissa Rosado e Jorge do Rosário. Bernardo Amorim, outro candidato que deverá ser eleito, embora sendo natural de Almino Afonso possui grandes ligações com Mossoró, onde reside.

PROMESSAS

Ontem, em Natal, os candidatos ao governo renovaram suas promessas. Carlos Eduardo disse que faria mais investimentos em saneamento básico. Robinson Faria prometeu aumentar o efetivo policial e Fátima Bezerra fala em construir mais policlínicas médicas para desafogar hospitais.

TRERN

O Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Norte cumpriu o prazo para os julgamentos dos 509 processos com pedidos de registros de candidatos, protocolados até 15 de agosto, último dia para que os partidos políticos encaminhassem as atas das convenções com esses nomes.

GERALDO

Na sessão de ontem, o TRERN deferiu a candidatura a senador do ex-governador Geraldo Melo e do deputado Tomba Faria à reeleição. O Ministério Público eleitoral havia pedido impugnação das duas candidaturas, o que não foi aceito pelo Tribunal Eleitoral.

BLOQUEIO

Acabou-se o tempo em que a APAMIM tinha que suportar até 11 (onze) meses sem que a prefeitura de Mossoró repassasse as verbas a que tinha direito. Somente em 2018, a Justiça federal já realizou 14 bloqueios nas contas da Prefeitura para forçar o pagamento de dívidas com a Associação.

PREOCUPAÇÃO

Mossoró tem sido uma das maiores preocupações de Garibaldi Alves Filho, candidato à reeleição para o Senado. Há informações que as pesquisas mostram Garibaldi em 4º lugar, atrás do capitão Styvenson, deputada Zenaide Maia e ex-governador Geraldo Melo.

 

 

 

 

Notas da Redação

MESSIAS

“Vou salvar a gestão do Rio Grande do Norte”. A promessa é do candidato Carlos Alberto, do PSOL. O Professor reafirmou que vai investir na valorização dos servidores concursados e cortar os gastos com cargos comissionados. “Vou fazer a coisa certa, doa a quem doer.”

FÁTIMA

Lula, por sua vez, afirma que eleger Fátima é salvar o Rio Grande do Norte. Quando candidato ao governo, em 2014, Robinson Faria também dizia, com convicção, que o problema do Estado era apenas de gestão. A assertiva de Lula parece com a certeza antes defendida por Robinson.

ZENAIDE

Jornalistas da capital questionam resultados de pesquisa do instituto Seta. É que a mulher do dono desse instituto, advogada Ingrid Paiva, ocupa cargo comissionado na prefeitura de São Gonçalo do Amarante, administrada por patrocinadores da candidatura de Zenaide.

ANDOR

Apoiadores da candidatura Carlos Eduardo ao governo do estado reclamam do estilo arrogante do candidato. Para eles, a campanha precisa de mais modéstia e contato mais pessoal do candidato com os eleitores. Caso contrário, Fátima continuará faturando votos por toda parte.

TIÃO

O candidato Robinson Faria reclama do desempenho do candidato a vice-governador, Tião Couto, que estaria dedicado à campanha do candidato a deputado estadual, Jorge do Rosário, esquecendo totalmente seu compromisso com a majoritária.

MOSSORÓ

Dois dos principais candidatos ao governo do estado estiveram em Mossoró no último fim de semana. Robinson Faria participou de carreata por 15 ruas da cidade, enquanto Fátima Bezerra fez caminhada no bairro Santo Antônio. Carlos Eduardo também marcou presença.

BOLSONARO

O candidato a presidente da República deixou a UTI no domingo pela manhã estando em unidade de cuidados semi-intensivos. Os assessores esperam poder gravar matéria para a propaganda eleitoral ainda no primeiro turno, para evitar queda nas intenções de voto.

LULA

O ex-presidente Lula foi impedido de gravar propaganda eleitoral diretamente da cela da polícia federal, onde se encontra. A proibição foi do Tribunal Superior Eleitoral e, com essa medida, Fernando Haddad perde um importante apoio para sua campanha presidencial.

Notas da Redação

PERÓN

Em 1972, na Argentina, Juan Domingos Perón volta do exílio na Espanha, depois de 17 anos, para participar de eleições livres no seu país. Sem poder ser candidato, elegeu Hector Cámpora com o slogan “Cámpora no governo, Perón no Poder”. Cámpora tomou posse e Perón, de fato, assumiu o poder.

HADDAD

No Brasil, não significa dizer que o exemplo Argentino seja concretizado no caso de Fernando Haddad ser eleito presidente da República. Mesmo assim, os organizadores da campanha do PT lembram que o fato pode ser repetido com o slogan, “Haddad presidente, Lula no poder”.

PRESIDENCIÁVEL

O candidato do PSDB, Geraldo Alkmin, esteve em Natal. Dentro da nova sistemática político-eleitoral e, por conta da violência dominante nas ruas, os comícios de antigamente foram substituídos por reuniões com lideranças políticas e visitas a empresas de maior destaque.

CRESCIMENTO

Logo após a confirmação de sua candidatura, Fernando Haddad aparece nas pesquisas como forte candidato ao segundo turno, graças à transferência de parte dos votos de Lula que foi impedido de disputar a eleição. Ciro Gomes será seu principal concorrente no 1º turno.

INVESTIGAÇÃO

Para esclarecer se ações contra políticos candidatos foram aceleradas para impactar o eleitorado às vésperas das eleições o Conselho Nacional do Ministério Público determinou abertura de reclamação disciplinar contra promotores que, iniciada a temporada eleitoral, formalizaram acusações contra atuais candidatos.

RADICALIZAÇÃO

Aumenta a animosidade entre os candidatos majoritários, Senado e Governo do Estado, à medida que se aproxima a data da eleição em primeiro turno. Nos programas eleitorais e nas redes sociais as propostas estão sendo substituídas por agressões pessoais.

DIFICULDADES

O governador Robinson Faria é candidato à reeleição, apesar enfrentar sérios problemas nas áreas da saúde e da segurança e ao pagamento de salários dos servidores. Ontem, o deputado Fábio Faria disse que o 13º de 2017 será pago no próximo dia 20, para quem recebe de R$ 4 a R$ 5 mil.

GARIBALDI

Preocupado com a ameaça a sua reeleição, o senador Garibaldi Filho pretende mudanças radicais na coordenação de sua campanha. Um dos pontos nevrálgicos é a cidade de Mossoró, onde a deputada Zenaide Maia, até então uma desconhecida, ameaça ter mais votos que Garibaldi.

SETA

Na pesquisa Seta divulgada ontem, o capitão Styvenson lidera a corrida para o Senado com 21% das intenções de voto, seguido por Zenaide Maia com 15% e Garibaldi Alves com 14%. Na pesquisa, Garibaldi é rejeitado por 17% dos eleitores, Zenaide por 3% e Styvenson por 2%.

DETRAN

Depois de acordo firmado com a direção do Detran e o Sindicato dos Servidores Públicos da Administração Indireta, Sinai, os servidores do DETRAN suspenderam a paralisação de 48 horas, iniciada na quarta-feira (12), atingindo todos os serviços prestados pelo órgão.

Notas da Redação

PESQUISA

Nova pesquisa da Consult/FM98, a menos de um mês para as eleições, quando a pergunta é estimulada, a senadora Fátima Bezerra continua em primeiro lugar, com 32%, Carlos Eduardo tem 17,65%, Robinson Faria 10,53%, outros candidatos, 8,06%

SENADO

Na pesquisa estimulada para as duas vagas no Senado, na média dos dois votos, o Capitão Stevenson aparece em primeiro lugar, com 27,29% e Garibaldi Filho, em segundo, com 20,94%, seguidos por Zenaide Maia, 17,29% e Geraldo Melo 14,42%.

STYVENSON

Campeão de intenções de votos nas pesquisas para o Senado, o Capitão Styvenson pode se dar ao luxo de ficar em casa, esperando a contagem dos votos no dia 7 de outubro. A participação em debates é desnecessária, além do risco de perder votos.  Melhor ficar como está.

CONFORTO

Os números mostram que a reeleição do senador Garibaldi Filho deixa a área de conforto que se imaginava ter no início do processo eleitoral e passa a ser ameaçado pela deputada federal Zenaide Maia, cuja votação poderá ser puxada pelos eleitores de Fátima Bezerra.

PRESIDENTE

O deputado Jair Bolsonaro tem praticamente assegurada sua vaga no segundo turno da eleição presidencial. A disputa final será contra Haddad ou Ciro Gomes que apresentaram melhor desempenho nos números das pesquisas divulgadas no último final de semana.

PSDB

O presidenciável Geraldo Alkmin estará em Natal na próxima sexta-feira. Todos os candidatos pelo partido ou da coligação, DEM, PTB, PP, PR, Solidariedade, PPS, PRB e PSD estão sendo convocados, na tentativa de realizar um grandioso encontro. Alkmin ainda não está bem nas pesquisas.

TROCA

Termina hoje (11) o prazo concedido pela Justiça Eleitoral pra que o partido dos trabalhadores substitua o nome do ex-presidente Lula como candidato a presidente da República. O nome a ser indicado será o de Fernando Haddad, mas o partido ainda recorreu ao STF para adiar essa decisão.

BOLSONARO

Com aumento de apenas um ponto para cima nas intenções de votos, passando de 22% para 23%, pesquisa do Ibope/Estado/TV Globo mostra que o ataque sofrido pelo candidato, em Juiz de Fora, não influenciou positivamente o eleitorado. No Datafolha, Bolsonaro cresceu dois pontos.

DERROTA

Em todas as pesquisas até hoje divulgadas, por diferentes Institutos, o presidenciável Jair Bolsonaro perde para qualquer outro candidato que venha a disputar o segundo turno da eleição presidencial. Até mesmo para Haddad, hoje, à frente por um ponto.

ONU

O Comitê de Direitos Humanos da Nações Unidas (ONU) voltou a recomendar que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva seja liberado para concorrer nas eleições deste ano. O documento foi anexado ao recurso apresentado ao Supremo Tribunal Federal.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Notas da Redação

DESMENTIDO

Adversários do governador Robinson Faria criticam suas declarações em programa eleitoral ao dizer que mesmo com a crise que o estado enfrenta, não demitiu os cargos comissionados porque pensou nos pais e mães que ficariam desempregados. No período eleitoral tem havido demissão e substituição de inúmeros desses cargos.

VOTAÇÃO

É visível a disputa entre correligionários dos candidatos a deputado federal, José Agripino e Walter Alves em busca da primeira posição em número de votos. Walter, além de deputado é filho de senador. Agripino, ele mesmo é senador, em busca de uma cadeira na Câmara dos Deputados.

DIVULGAÇÃO

A propaganda eleitoral do candidato ao senado @geraldo_456 vem sendo considerada a melhor entre todos os que disputam cargos eletivos. Tanto o que é veiculado na mídia social quanto os programas de rádio e televisão, no horário eleitoral.

NOVO

Aos 83 anos, @geraldo_456 pode ser considerado o novo na atual disputa eleitoral, por se mostrar eficiente e atualizado. Aliás, no vizinho estado da Paraíba, o senador José Maranhão, candidato à reeleição, aos 84 anos, vem sendo apontado nas pesquisas como campeão de votos.

APOIO

Em Messias Targino, a tradicional família Jales fechou apoio aos candidatos Carlos Eduardo ao governo do Estado e, nas eleições proporcionais, votará em Beto para deputado federal e Larissa para deputado estadual. Ontem, os candidatos foram recebidos na Fazenda Salobro.

ATRASO

Em Natal, a Coopmed, Cooperativa Médica do Rio Grande do Norte suspendeu o atendimento nas Unidades do Município, por falta de pagamento aos profissionais desde fevereiro de 2018. Na prefeitura, ressalta-se que o atraso vem desde a administração de Carlos Eduardo.

CAPITAL

O candidato Carlos Eduardo dedicará mais tempo de campanha à Área Metropolitana de Natal. As visitas aos municípios do interior não renderam votos expressivos razão pela qual ficará mais tempo no maior reduto eleitoral do RN, com cerca de 38% dos eleitores.

FÁTIMA

No início da atual campanha eleitoral existia o pensamento que Fátima Bezerra teria de vencer logo no primeiro turno, pois seria fatalmente derrotada no segundo. Pelas pesquisas, essa realidade não existe e Fátima, no momento aparece como favorita nas duas situações.

VIOLÊNCIA

No RJ, após a morte do 67º PM, o coronel Laviano, comandante da polícia, advertiu: “Os marginais que optarem por agredir a força policial. Nós não podemos admitir! A ferramenta do policial é a arma de fogo e ele tem que usar. O resultado quem buscou foi o marginal”.

EXCLUSÃO

Do jornalista Élio Gaspari: “Muita gente poderá votar em Haddad só para não ver Bolsonaro no Planalto, ou votar no capitão reformado só para impedir a volta do PT ao poder. Quando o voto de exclusão supera o de preferência, consegue-se barrar aquilo que não se quer, mas não se elege um presidente.”

 

Notas da Redação

HIERARQUIA

jfcrzabr_290618588df

Hoje, não é surpresa um juiz, um procurador ou um  promotor de primeira instância, ou até internautas, criticando membros de Tribunais Superiores. Recentemente, Gilmar Mendes (STF) apresentou queixa-crime contra promotor de Goiás que o chamou de “maior laxante do Brasil e Raquel Dodge (PGR) contra internauta que a chamou de cadela.

JUDICIÁRIO

Por outro lado, o Poder Judiciário brasileiro passou a ser alvo constante de críticas veiculadas na imprensa, sobretudo por conta dos altos salários e vantagens recebidas por seus membros. Em 2017, por exemplo, o gasto total foi de R$ 90,8 bilhões, 90,5% dos quais destinados a pagamento de pessoal.

ELEIÇÃO

Faltando um mês para a eleição em primeiro turno, o Brasil viu espantado um atentado à vida de Jair Bolsonaro, o candidato que se apresenta à frente dos demais, desde o afastamento do ex-presidente Lula do páreo. Até mesmo os adversários abominaram a violência e solidarizaram-se com Bolsonaro.

GRAVIDADE

As primeiras informações, eram que o ferimento era superficial. Mas, Bolsonaro chegou ao hospital quase em estado de choque, submetendo-se a cirurgia imediata. Foi sido atingido no fígado, pulmão e intestino não morrendo pelas condições de assistência médica prestada. Estivesse em um centro menor, poderia ter sido fatal.

CRESCIMENTO

Há quem admita que a agressão a Bolsonaro traga simpatia ao candidato que poderá crescer mais ainda nas pesquisas. Por outro lado, está confirmado que, com a retirada da candidatura de Lula, seus eleitores migrarão principalmente para Haddad, candidato do PT e para seu nome, Bolsonaro.

TEMPO

Por conta do atentado, todos os candidatos a presidente decidiram suspender suas mobilizações políticas neste fim de semana. A preocupação é que o voto dos indecisos, costuma ser definido nos últimos dias de campanha. Tudo isso vem sendo bem analisado para que não haja prejuízo nas próprias candidaturas.

CIRO

O candidato do PDT a presidente da República, Ciro Gomes, cancelou a vinda à Natal, onde faria mobilização política ao lado do candidato a governador do partido, Carlos Eduardo. Ciro chegou a desembarcar em Natal, mas trocou a movimentação por uma gravação pedindo votos para o partido.

SENADO

O candidato a senador, Geraldo Melo, esteve em Mossoró ontem, 05, fazendo mobilização política ao lado da deputada Larissa Rosado e da vereadora Sandra Rosado. Geraldo também recebe o apoio de Tião Couto, candidato a vice-governador de Robinson Faria que deverá acompanhá-lo em outra vinda à cidade.

CATAVENTO

Os que acompanharam a comitiva de Geraldo Melo observaram que muitos eleitores saíam de suas residências segurando não apenas o tamborete, mas, também, um pequeno catavento. Os dois objetos foram símbolos de sua campanha a governador, em 1986. “Sopra o vento e tamborete”.

SÁTIRO

O ex-reitor da UERN, padre Sátiro Cavalcante Dantas foi importante no trabalho de estadualização da Fundação Universidade do Rio Grande do Norte, FURN, Depois de vários anos, continua obstinado na sobrevivência da Universidade e pede aos candidatos ao governo do Estado que defendam e respeitem a Universidade.