segunda-feira , 18 de fevereiro de 2019
Home / Esporte / Atlético-MG encara o Danubio no 1º desafio para ir aos grupos da Libertadores
atletico-mg-celebra-gol-em-vitoria-sobre-o-guarani-mg-pelo-campeonato-mineiro-1549148329753_615x300

Atlético-MG encara o Danubio no 1º desafio para ir aos grupos da Libertadores

O Atlético Mineiro enfrentará nesta terça-feira o Danubio, no estádio Luis Franzini, em Montevidéu, pela ida da segunda fase preliminar da Taça Libertadores, no primeiro desafio na tentativa de alcançar a fase de grupos.

O Galo, sexto colocado na última edição do Campeonato Brasileiro, assim como o São Paulo, que ficou um posto a frente, foi obrigado a jogar etapas eliminatórias do torneio.

Esta será a primeira vez na história que o clube terá que disputar a chamada “Pré-Libertadores”. Se avançar do confronto com o Danubio, o Atlético terá que encarar o vencedor da série entre o Defensor, também do Uruguai, e o Barcelona, do Equador.

Para o jogo desta terça-feira, o técnico Levir Culpi adiantou que, provavelmente, a escalação será muito parecida a do classico com o Cruzeiro, pelo Campeonato Mineiro, que terminou com empate em 1 a 1.

A única mudança deverá ser a presença de Réver na equipe, que não duelou com o arquirrival por causa de problema muscular. Com isso, o veterano substituirá Iago Maidana e atuará ao lado de Igor Rabello.

Curiosamente, o Galo conta com dois jogadores que foram contratados junto ao Danubio. O meia David Terans chegou no meio do ano passado e é reserva. Já o zagueiro Martín Rea, que está cedido por empréstimo, ficou fora da lista de relacionados e não atuará.

O time uruguaio, por sua vez, encarará o Galo mineiro sem duas peças do time titular, o zagueiro Martín Marta e o meia Alan Medina, ambos lesionados. Nos últimos dias, a diretoria ainda viu frustrada a tentativa de contratar o atacante Juan Manuel Salgueiro, ex-Botafogo, junto ao Libertad, do Paraguai.

Apesar do elenco ser jovem, as esperanças do Danubio recaem sobre dois jogadores experientes, o meia-atacante Carlos Grossmüller, de 35 anos, e o atacante Federico Rodríguez, de 27, que já defendeu Genoa e Bologna, da Itália, entre outros.

Depois do encontro desta terça-feira em Montevidéu, Atlético e Danubio se enfrentarão uma semana depois, exatamente, no Independência, em Belo Horizonte.

Prováveis escalações:.

Danúbio: Cristóforo; Felipe, Ramírez, Goñi e Sosa; Olivera, Montes,Siles e Onetto; Grossmüller e Rodríguez. Técnico: Marcelo Méndez.

Atlético Mineiro: Victor; Patric, Réver, Igor Rabello e Fábio Santos; Adilson, Elias, Cazares, Chará e Luan; Ricardo Oliveira. Técnico: Levi Culpi.

Árbitro: Germán Delfino (Argentina), auxiliado pelos compatriotas Juan Pablo Belatti e Maximiliano del Yesso.

Estádio: Luis Franzini, em Montevidéu (Uruguai).

Agência EFE