terça-feira , 24 de outubro de 2017
Home / Cotidiano / Atendimentos no Caps Infantil estão suspensos há três semanas
Profissionais da unidade suspenderam atendimentos desde o dia 11 de março em protesto contra a falta de ASG (Foto: Cacau).
Profissionais da unidade suspenderam atendimentos desde o dia 11 de março em protesto contra a falta de ASG (Foto: Cacau).

Atendimentos no Caps Infantil estão suspensos há três semanas

As atividades no Centro de Atenção Psicossocial Infantil (Caps I) estão suspensa há 21 dias devido à falta de um Assistente de Serviços Gerais (ASG) para realizar a limpeza da unidade. Os profissionais que prestam serviço no local resolveram suspender os atendimentos no dia 11 de março em protesto contra a sujeira e após o aparecimento de animais peçonhentos no prédio.

“É inaceitável que o Caps Infantil fique tanto tempo fechado. Essas três semanas de atividades suspensas prejudicam o tratamento das crianças. Meu filho tem autismo e cada dia de terapia perdido significa um retrocesso muito grande”, afirma Sidney Barroso.

Questionada sobre o motivo da demora em realocar ASGs para o Caps Infantil, a assessoria de comunicação da Secretaria Municipal de Sáude informou que foi realizada uma reunião na manhã desta quinta-feira, 31, para tratar da contratação de dois ASGs para a unidade a partir da próxima semana.

“O município ainda enfrenta um problema com insuficiência de ASGs por causa da redução destes profissionais cedidos pelas empresas terceirizadas. Na próxima semana, duas ASGs devem ser realocadas exclusivamente para o Caps Infantil e os atendimentos devem ser retomados pelos profissionais”, informa a assessoria em nota.