quarta-feira , 22 de novembro de 2017
Home / Destaques / Aprovados no concurso da Prefeitura de São Rafael cobram convocação
Concursados deveram assumir cargos ocupados por contratos provisórios, temporários e cargos comissionados (Foto: Cedida).
Concursados deveram assumir cargos ocupados por contratos provisórios, temporários e cargos comissionados (Foto: Cedida).

Aprovados no concurso da Prefeitura de São Rafael cobram convocação

Os candidatos aprovados no concurso público realizado pela Prefeitura de São Rafael, na região Central potiguar, realizaram na manhã desta terça-feira, 22, um protesto pelas ruas da cidade exigindo a convocação. Os servidores concursados deveriam assumir cargos ocupados por contratos provisórios, temporários e cargos comissionados.

A realização de concurso público com 64 vagas para cargos de nível fundamental, médio, técnico e superior foi determinada pelo Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN), através de Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) assinado com a prefeitura.

“Nós não deveríamos ter de realizar um protesto para conseguir concretizar um direito nosso. Nos reunimos agora de manhã com o juiz e ele nos informou que a Prefeitura tem até o dia 13 de setembro para convocar os aprovados. Vamos aguardar que a Prefeitura cumpra o TAC assinado com o Ministério Público e convoque os aprovados no concurso”, disse Alberto Gonçalves Martins.

Realização de concurso público com 64 vagas foi determinada pelo MPRN (Foto: Cedida).
Realização de concurso público com 64 vagas foi determinada pelo MPRN (Foto: Cedida).

A remuneração das vagas do concurso chega a até R$2 mil. Confira os cargos para os quais devem ser convocados profissionais:

Nível fundamental: agente de saúde; agente de endemias; auxiliar de gabinete odontológico; auxiliar de serviços gerais; jardineiro; merendeira; motorista; operador de limpa fossa; tratorista; vigilante; operador de retroescavadeira; operador de pá carregadeira, e; operador de motoniveladora.

Nível médio e técnico: agente de vigilância sanitária; fiscal de obras; fiscal de tributos; recepcionista; secretário da procuradoria, e; técnico de enfermagem.

Nível superior: Assistente social; enfermeira; especialista em educação; fisioterapeuta; clínico geral; dentista; procurador; professores de Geograia, de Inglês e de atendimento educacional; além de psicólogo.

protesto3jpg