sábado , 16 de dezembro de 2017
Home / Opinião / Notícias do Interior / Alvanilson Carlos – Notícias do Interior

Alvanilson Carlos – Notícias do Interior

UMA FILA SEM FIM

Ultimamente tenho freqüentado muitas unidades de saúde em Mossoró e tenho presenciado o quanto está difícil para a população conseguir um atendimento digno. A superlotação e a falta de atenção de nossas autoridades são gritantes. Só quem precisa sabe o que realmente está sofrendo.

Podemos afirmar sem medo de errar que hoje um dos setores mais caóticos de nosso estado é a área de saúde, mesmo sabendo que a segurança tem se destacado mais em função do crescimento do número de homicídios. Mas, é evidente principalmente para aqueles que presenciam que, está morrendo mais gente por falta de atendimento a altura do que mesmo por homicídio.

Para se ter uma idéia só no Tarcísio Maia essa semana havia nada menos do que onze pessoas na fila precisando de um leito de UTI com urgência e não tinha, nem lá e nem em outras unidades hospitalares de Mossoró. E o pior! Ainda querem fechar o hospital da polícia, o que se ampliado e cuidado poderia desafogar um pouco o Tarcísio Maia. Esse quadro de superlotação e falta de UTI se espalha por todo estado e o povo não tem o que fazer. O momento é delicadíssimo e necessita de uma atenção maior de nossas autoridades. Isso porque o povo está morrendo, principalmente os mais velhos que são preteridos na hora de se escolher quem irá para a UTI.

Está mais do que na hora de alguém fazer algo para amenizar o sofrimento da população que não tem mais a quem recorrer. O desespero e a esperança de “um milagre” tomam conta daqueles que estão nas filas dos hospitais e postos de saúde, sejam aguardando um simples exame, um simples remédio, como também uma cirurgia ou um leito de UTI. O certo é que o quadro é preocupante e a rede de saúde de Mossoró e do Rio Grande do Norte pede socorro por medidas emergentes e empenho com destinação de recursos para melhorar e ampliar nossas unidades hospitalares, caso contrário continuaremos formando uma fila sem fim, de angustiados, de sofredores, de inocentes etc que pagam caro com a vida, quando precisam utilizar a rede de saúde. Essa é a realidade!.

RODOLFO FERNANDES
A sucessão municipal em Rodolfo Fernandes começa a se desenhar com três pré-candidatos já se articulando para participar do próximo pleito. São eles: Wilson Filho (PMDB), Neide Nazário (PP) e a ex-prefeita Bernadete Queiroz que tentará retornar ao comando da cidade. Até lá muita coisa poderá se modificar, mas o quadro de momento é esse.

COMEMORANDO
A cidade de Alto do Rodrigues comemorou 53 anos de emancipação política essa semana com uma vasta programação. O prefeito Abelardo Rodrigues esteve presente em todas elas e foi muito bem recepcionado pela população que tem aprovado sua administração. Abelardo que em princípio não seria candidato a reeleição, já admite que deva enfrentar mais um pleito para se manter a frente da prefeitura daquele município.

MAIS UM
Depois de ter dado uma pequena trégua. Os bandidos voltaram a assaltar a agência dos Correios de Governador Dix-Sept Rosado essa semana. Provando que essas agências e os caixas eletrônicos dos bancos continuam sendo os alvos preferidos das quadrilhas, inclusive daqueles bandidos que conseguiram fugir dos presídios ultimamente.

SUSTO
Os familiares e amigos do Dr Netinho Nascimento alminoafonsense que reside em Martins viveu dois momentos essa semana. Um triste pelo acidente que foi vítima o médico e um alegre por ter tido a notícia de que nada de mais grave aconteceu com ele e sua família. O bom é que tudo não passou de um susto e Netinho está bem para enfrentar as batalhas da vida.

IMPEACHMENT
A presidente Dilma Roussef juntamente com aliados e o ex-presidente Lula correm contra o tempo para conseguirem os votos necessários para manutenção do mandato da presidenta. Com a saída do PMDB do governo as coisas se complicaram um pouco, mas o governo aposta que conseguirá os votos suficientes para impedir seu afastamento.

FIM
O bom de toda essa celeuma sobre impeachment ou não do governo Dilma é se tudo fosse resolvido e o país voltasse à normalidade para que possamos cuidar dos nossos problemas que são muitos e estão esquecidos. Está na hora de se dá um fim a tudo isso e passar a página da história para que a população não seja ainda mais penalizada.

PERDA
A cidade de Martins e o Rio Grande do Norte lamentam a morte do ex-deputado Patrício Júnior ocorrido essa semana. Patrício era o esposo da atual prefeita de Martins, Olga Fernandes e tem relevantes serviços prestados ao povo Rio Grande do Norte. Daqui nos solidarizamos com a família nesse momento difícil.

ALVANILSON-CARLOS---03-04-16