terça-feira , 22 de outubro de 2019
Home / Destaques / Alunos da rede estadual se preparam para Olimpíada de Língua Portuguesa
IMG000000000206244

Alunos da rede estadual se preparam para Olimpíada de Língua Portuguesa

Estudantes da escola estadual Vicente de Fontes, localizada no município de José da Penha, realizaram oficinas preparatórias para a Olimpíada de Língua Portuguesa na última semana. Produção textual, oficina de documentário e orientações para competição foram algumas das temáticas trabalhadas.

Nesta edição, o tema para a produção textual dos estudantes é o “O lugar onde vivo”, em que os alunos serão convidados a aprofundar o conhecimento sobre a realidade que estão inseridos, assim, exercendo e contribuindo para o desenvolvimento da cidadania. Cada série ficará responsável por um gênero textual. As categorias são de poema para estudantes do 5º ano do ensino fundamental, memórias literárias para o 6º e 7º anos, crônica para os 8º e 9º anos, documentário para o 1º e 2º ano do ensino médio e artigo de opinião para o 3º ano.

Para o professor de língua portuguesa da escola, Jocenilton Cesário da Costa, a olimpíada é fundamental para a formação dos estudantes e além de incentivar a leitura e escrita, a atividade também permite com que sejam utilizadas outras linguagens e formas de comunicação. “A olimpíada faz com que os alunos sejam protagonistas desse concurso, em sentir que o seu trabalho não vai se limitar em sala de aula, que ele pode e deve ter a essa abrangência para além da escola”, enfatizou o docente.

Uma das estudantes que vem se preparando para elaboração do documentário e esteve presente durante toda essa semana nas oficinas de documentário, é a aluna Geovana Cristina, que está na 2ª série do ensino médio e pretende fazer um documentário contando sobre a sua trajetória vendendo pamonha, que se iniciou aos nove anos de idade.

Parceria

Para facilitar a compreensão dos estudantes no conteúdo, a escola propôs a equipe do Trilhas Potiguares, projeto de extensão da Universidade Federal do Rio Grande do Norte, a elaboração de uma oficina de documentário. A oficina durou cinco dias e alunas de comunicação social realizaram a atividade dando orientações técnicas de produção de vídeo.

A olimpíada é uma iniciativa do Ministério da Educação e do Itaú Social, com coordenação técnica do CENPEC e conta com o apoio das secretarias estaduais de Educação e da União dos Dirigentes Municipais de Educação.

 

SEEC/ASSECOM