domingo , 25 de junho de 2017
Home / Opinião / Reflexões Teológicas / Ricardo Alfredo – Reflexões Teológicas

Ricardo Alfredo – Reflexões Teológicas

LIÇÕES DA VIDA
Em seus mais profundos pensamentos sobre a humanidade, o apóstolo Paulo, o grande pensador da fé, define a condição humana neste mundo, ao escrever: SIC TRANSIT GLORIA MUNDI, a glória do mundo é transitória e mesmo assim, o homem busca o reconhecimento entre seus semelhantes e sai numa jornada em busca do saber.
Com o passar do tempo e o surgimento dos cabelos brancos, o homem passa a querer saber o que existe nessa estrada chamada vida. E então se pergunta, que força ou energia é essa que empurra o ser para muito além do conforto da vida familiar e dos bens materiais? Qual o real sentido da vida? Anos afins buscamos essa respostas nos livros, na ciência, no conjuntos das artes, no saber cientifico, empírico ou mesmo nas experiências do dia a dia. Porém, nem uma resposta foi forte o suficiente madura para durar um dia. Alguns chegaram a me convencer por dias, mas, não foram capazes de sobreviver a uma análise metódica. Mesmo assim, não encontrei uma resposta concreta para dizer: este é o sentido da vida.
Na minha jornada de buscas, estou convencido que não encontraremos nesta vida, ou nesta existência uma resposta concreta. Todavia, a chama, chamada fé, diz em meu coração baixinho, quase sussurrando… quando estiveres novamente com o criador compreenderas o verdadeiro sentido de existires.
A grande pergunta humana diante do Criador, não será como eu vivi? Será como eu amei? O qual é o teste final para a humanidade será… o amor ao próximo.
SIC TRANSIT GLORIA MUNDI. A glória do mundo é transitória. Não é à toa que o apóstolo Paulo descreve num capitulo todos os fundamentos do amor eternal aos escrever sua epístola ao Corintos, povo abastado na vida material, afirmando a permanecia do amor acima de tudo… onde ele afirma:
“Ainda que eu falasse as línguas dos homens e dos anjos, e não tivesse amor, seria como o metal que soa ou como o sino que tine.
E ainda que tivesse o dom de profecia, e conhecesse todos os mistérios e toda a ciência, e ainda que tivesse toda a fé, de maneira tal que transportasse os montes, e não tivesse amor, nada seria.
E ainda que distribuísse toda a minha fortuna para sustento dos pobres, e ainda que entregasse o meu corpo para ser queimado, e não tivesse amor, nada disso me aproveitaria.
O amor é sofredor, é benigno; o amor não é invejoso; o amor não trata com leviandade, não se ensoberbece.
Não se porta com indecência, não busca os seus interesses, não se irrita, não suspeita mal; Não folga com a injustiça, mas folga com a verdade; Tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta.
O amor nunca falha; mas havendo profecias, serão aniquiladas; havendo línguas, cessarão; havendo ciência, desaparecerá; Porque, em parte, conhecemos, e em parte profetizamos; Mas, quando vier o que é perfeito, então o que o é em parte será aniquilado.
Quando eu era menino, falava como menino, sentia como menino, discorria como menino, mas, logo que cheguei a ser homem, acabei com as coisas de menino.
Porque agora vemos por espelho em enigma, mas então veremos face a face; agora conheço em parte, mas então conhecerei como também sou conhecido.
Agora, pois, permanecem a fé, a esperança e o amor, estes três, mas o maior destes é o amor”. (1 Coríntios 13:1-13).
Portanto, meus queridos e amados irmãos em Cristo Jesus, o amor é fundamental para quem deseja ver o rei eternal face a face.

A INSANIDADE DO MUNDO
A terra é boa, produz comida para todos,
Sustenta a tudo…
Porém, rejeitada e humilhada pelo homem tenta se erguer
Cegos, estamos
Lutado, sempre… contra quem nem sabemos!
Objetivo, nenhum…nada, como nada em um espaço de vazio e silêncio
Guerra, agonia, clamor de uma alma vazia
Só a riqueza, o bem estar instantâneo, talvez!
Terra, esquecida
Deixada ao relento
Do zunido do ar, a voz mansa e suave avisa
Terra suspira, respira
Terra, mata, gemida
Árvores choram
Pássaros gorjeiam a última canção
Terra, aterra e desaterra em uma luta mortal para sobreviver
Insanidade… aberta… fera… estanha… dor.
Alfredo

CANÇÕES QUE SE ETERNIZARAM
Sossegai! (Harpa Cristã)
Mestre! O mar se revolta:
As ondas nos dão pavor:
O céu se reveste de trevas:
Não temos um Salvador!
Não se te dá que morramos?
Podes assim dormir.
Se a cada momento nos vemos,
Sim, prestes a submergir?

“As ondas atendem ao meu mandar:
Sossegai!
Seja o encapelado mar
A ira dos homens, o gênio do mal:
Tais águas não podem a nau tragar,
Que leva o Senhor, Rei do Céu e mar,
Pois todos ouvem o meu mandar:
Sossegai! – sossegai!
Convosco estou para vos salvar:
Sim, sossegai!”

Mestre, na minha tristeza
estou quase a sucumbir:
A dor que perturba minha alma,
Oh, peço-te: vem banir
De ondas do mal que me encobrem,
Quem me fará sair?
Pereço sem Ti, Oh, meu Mestre
Vem logo, vem me acudir!

Mestre, chegou a bonança,
Em paz vejo o céu e o mar!
O meu coração goza calma
Que não poderá findar.
Fica comigo, ó meu Mestre,
Dono da Terra e Céu,
Eu assim chegarei bem seguro
Ao porto, destino meu.

Sem-Título-1
O ministério Fé Brasil vem a Mossoró lançar as redes do evangelho para redirecionar as vidas neste mundo conturbado de violência e ausência de Deus. E para tanto trás o evangelista Adam Smith um renovando Evangelista norte americano.

ISRAEL E JORDÂNIA EXPÕEM PLANO PARA DESVIAR PARTE DA ÁGUA DO MAR VERMELHO PARA O MAR MORTO
Israel e a Jordânia exibiram um projeto de construção de um canal entre o Mar Vermelho e o Mar Morto em uma palestra internacional na cidade de Aqaba, na Jordânia.
O projeto foi exposto no evento em presença de vários investidores mundiais, e contou com a participação de representantes dos EUA e do Banco Mundial.
O projeto prevê a construção de uma planta de dessalinização de água e de um aqueduto para levar água do Mar Vermelho para a Jordânia.
Além disso, inclui a canalização do excesso de água dessalinizada para o mar Morto, cujas águas diminuem cada ano. O preço total do projeto é de 400 milhões de dólares. Israel foi representado na conferência pelo Ministério de Cooperação Regional, liderado pelo vice-ministro Ayoub Kara, segundo o gabinete do primeiro-ministro israelense.
Uma grande parte do Mar Morto fica no território palestino da Cisjordânia, ocupado por Israel desde 1967. (Fonte: SuptnikNews)

PENSAMENTO DO DIA
O poder do perdão
Vês esta mulher?
entrando em tua casa, não me deste água para
os pés; esta, porém, regou meus pés com
lágrimas e os enxugou com seus cabelos.
Não me beijaste; ela, entretanto, desde que
entrei não cessa de me beijar os pés.
Não me ungiste a cabeça com óleo, mas esta
com bálsamo ungiu meus pés.
Por isso te digo: perdoados lhe são os seus
muitos pecados, porque ela muito amou; mas
aquele há quem pouco se perdoa, pouco ama. (LUCAS, 7; 44-47)

GENTE QUE FAZ

Sem-Título-1

O amigo e professor Maurílio Júnior que desempenha suas funções na secretaria de educação do município de Mossoró/ RN, é gente que faz a diferença no mundo. Com seu vasto conhecimento na parte administrativa, ou seja, técnica vem demostrando também uma espirito de liderança. O qual tem influenciado muitos gestores municipais (diretores de escolas), a buscarem melhor o conhecimento sobre administração e gestão. Parabéns bom amigo.

RÁPIDAS DA SEMANA
1- Em vídeo, Silas Malafaia diz que afastamento de Cunha pelo STF é “uma vergonha”
2- Judeus rejeitam ajuda de evangélicos por medo de conversão cristã
3- Marcelo Crivella tenta aproximar Silas Malafaia e Edir Macedo; pastores estão divididos politicamente desde 2010
4- Dilma Rousseff planeja renunciar e convocar novas eleições em outubro. (Fonte: gospelprime)

DEJADEM (A.D. MOSSORÓ)

Sem-Título-1
AMOL – Academia Mossoroense de Letras

Sem-Título-1

Cogita-se nos bastidores que o primeiro programa da Academia em Foco será conduzido pelos imortais Geraldo Maia e Ricardo. E o entrevistado será o grande professor Dr. Helder Eronildes da Silva. Com certeza tem muito a nos ensinar com sua experiência e sua sapiência.

AOS 68 ANOS, ISRAEL ATINGE 8,5 MILHÕES DE HABITANTES, 10 VEZES MAIS DO QUE EM 1948
O último senso revelou que hoje, a população israelita atingiu 8.522.000 habitantes, divididos desta forma: 6.377.000 judeus (74,8% da população total) 1.771.000 árabes israelitas (20,8 %) 374.000 cristãos, não árabes e outras minorias (4,4%).
Como comparação, no ano da independência do moderno estado de Israel (1948) a população não ultrapassava as 806.000 pessoas. Não conheço nenhum país do mundo cuja população tenha aumentado 10 vezes num curto espaço de 68 anos! Só o facto de esta nação ser o cumprimento profético dos planos de Deus pode explicar tal crescimento fora do vulgar! O crescimento neste último ano foi de 2,2%. Para além dos bebes nascidos neste período – 195.000 – Israel recebeu ainda 36.000 novos imigrantes. (Fonte: Shalom Israel)

RECOMENDADO
O vídeo apresenta uma análise profunda sobre o cristianismo atual. Assistam no link (https://www.youtube.com/watch?v=EG1Hp71yzCI)

 

CONVITE ACJUS (academia de ciências jurídicas e sociais de Mossoró)

Sem-Título-1

CONVITE AFLAM (ACADEMIA FEMININA DE LETRAS E ARTES MOSSOROENSE)

Sem-Título-1
A escritora e imortal da AFLAM Dulce Cavalcante lança nesta sexta o seu mais belo livro … um chão de memorias soltas.

1° SIMPÓSIO EM DEFESA DA FÉ

Sem Título-1

A assembleia de Deus, sobre a liderança do inovador pastor Wendell Miranda vem a cada dia lançando campanhas de ensinamento e doutrinação dentro da fé cristã. A sua visão de águia é com certeza um prumo na caminha da fé. Parabéns bom irmão e amigo.

REFLEXÃO
O AMOR É O DOM SUPREMO (I Coríntios, cap. 13: 1 a 13)
E eu passo a mostrar-vos ainda um caminho sobremodo excelente.
Ainda que eu fale as línguas dos homens e dos anjos, se não tiver amor, serei como o bronze que soa ou como o címbalo que retine.
Ainda que eu tenha o dom de profetizar e conheça todos os mistérios e toda a ciência; ainda que eu tenha tamanha fé; a ponto de transportar montes, se não tiver amor nada serei.
E ainda que eu distribua todos os meus bens entre os pobres e ainda que entregue o meu próprio corpo para ser queimado, se não tiver amor, nada disso me aproveitará.
O amor é paciente, é benigno; o amor não arde em ciúmes, não se ufana, não se ensoberbece, não se conduz inconvenientemente, não procura os seus interesses, não se exaspera, não se recente do mal; não se alegra com a injustiça, mas regozija-se com a verdade; tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta.
O amor jamais acaba; mas, havendo profecias, desaparecerão; havendo línguas, cessarão; havendo ciência, passará; porque, em parte, conhecemos e em parte, profetizamos.
Quando, porém, vier o que é perfeito, então o que é parte será aniquilado.
Quando eu era menino, falava como menino, sentia como menino, pensava como menino; quando cheguei a ser homem, desisti das coisas próprias de menino.
Porque, agora, vemos como em espelho, obscuramente, então, veremos face a face. Agora, conheço em parte; então, conhecerei como também sou conhecido.
Agora, pois, permanecem a fé, a esperança e o amor, estes três; porém o maior destes é o amor.